A Caminhada



Estamos sempre tentando achar novos caminhos na vida.
Os pés,mesmo que cansados, buscam novas trajetórias, menos pedras e menos curvas ao longo do caminho.
A árdua caminhada se aplica em várias fases da vida e muitas vezes, caminhamos sozinhos.
E quando estamos nesses momentos de longas e difíceis caminhadas, percebemos o quanto faz falta ter alguém para caminhar conosco, ou até mesmo que nos leve por um período no colo para que nossos pés se aliviem do percurso.
Quando somos crianças, temos nossos pais para nos ajudar na caminhada, que nos amparam, correm para que nossos tropeços não se tornem graves acidentes de percurso.
Mas e adultos?
Buscamos alguém que muitas das vezes tenha suas pegadas tão misturadas com as nossas que não somos capazes de definir de quem é qual.
Que seja alívio aos nossos pés no final do nosso dia.
Que massageie não só nossos pés, mas nosso ego, nossa alma!
Que além de corpos unidos na noite, tenha conosco mãos unidas e pés unidos.
Para que o amanhecer seja claro, luminoso e a dura caminhada da vida, não seja tão dura, seja simplesmente uma caminhada sem solidão.
A vida é feita de circulos se pararmos para analisar, o dia que vai e que volta, a dor que vai e que volta, o amor que vai e que volta, e a caminhada diária que vai e que volta!
Que possamos não nos privar nunca de olhar para o lado e ao invés de ver sombras entorpecidas pelas angústias diárias, possamos ver pegadas firmes em alguns momentos, leves em outros, confusas em alguns, únicas em muitos outros, mas que possamos um dia olhar para trás , e ver um longo caminho percorrido com pés unidos!
Share on Google Plus

0 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br