Lançamento do livro UFO em SP




Amigos e leitores, o lançamento da antologia UFO, foi um sucesso, mais uma oportunuidade ímpar de estar em contato com escritores e leitores.
O lançamento foi organizado por Georgette Silen, que também organizou a obra e houve uma palestra maravilhosa com Renato Azevedo da revista UFOS, um beijo á todos que prestigiaram o evento e provavelmente vamos conseguir lançar a antologia de Frankfurt por lá também.

1 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br

Os maiores crimes de todos os tempos!


Em setembro vai estar nas livrarias de todo o país meu próximo lançamento literário, um documentário sobre os maiores crimes de todos os tempos, que fiz com o apoio da escritora Janduí Macedo, e fala sobre crimes desde o início dos tempos.
Os maiores genocidas,os maiores seriais killers, as maiores assassinas, os crimes que chocaram a opinião pública , os crimes sem solução, os crimes que começaram na vida real e acabaram nas telonas e os que saíram das telas como o caso Daniela Perez e Dália Negra e acabaram na vida real.
Um apanhado criminal atualizado, inclusive com todos os fatos marcantes do julgamento dos Nardonis e o passo a passo do caso Eliza Samudio.
Um verdadeiro mapeamento da mente humana, que serve não só para entender que muitas vezes o assassino mora ao lado, como para perceber sinais de insanidade e violência que muitas vezes fazemos" vista grossa."

Espero que adquiram o livro, que estará a venda no site á partir de 1º de setembro.

Um abraço!

7 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br

Flagrante de leitor na Bolívia

0 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br

É hora de se vingar? Clique na imagem e amplie.

PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS: MILA VIEGAS E EDUARDO SCHROEDER

REGULAMENTO.

1) DA PARTICIPAÇÃO

1.1. A antologia Vingança é promovida pela escritora e crítica literária Izabelle Valladares.

1.2. Poderão participar da antologia todas as pessoas físicas residentes legais no Brasil, bem como brasileiros residentes no exterior. Também poderão participar da Antologia escritores de outras nacionalidades, desde que a língua mater seja a língua portuguesa.

1.3. Das características da antologia: A Antologia Vingança receberá única e exclusivamente contos cujo tema seja o drama de uma vingança,seja ela realizada ou não, sendo que a criatividade e imaginação do escritor darão o toque e estilo ao trabalho.

1.4. Poderão participar da antologia autores com mais de dezoito anos. Aqueles que forem menores de idade poderão se inscrever mediante autorização por escrito de um responsável legal, acompanhada de fotocópia do original de documento de identidade do mesmo para conferência e registro de inscrição.

1.5. A participação se dará no sistema de cotas, sendo que cada autor deverá proceder ao pagamento de R$120,00, em única parcela.
1.6. Serão selecionados, ao todo, trinta participantes, que receberão um total de oito exemplares da Antologia vingança, sendo que um exemplar será a título de direitos autorais para essa primeira edição.

Especificação do Produto:

Título: Vingança. Prato que se come frio?
Formato: 140 x 207 mm (fechado)
Capa: 140 x 207 mm


1.7. A presente antologia Vingança é uma promoção da escritora Izabelle Valladares e do intercâmbio Internacional Pontes culturais e tem como finalidade estimular a produção de contos, formação e divulgação de novos autores em âmbito nacional e internacional.


2) DA ACEITAÇÃO DOS CONTOS

2.1. Serão aceitos apenas contos inéditos em língua portuguesa, de temática pertinente a antologia, com limite de oito mil caracteres com espaços, em formato A4, espaços de 1,5 entre linhas, fontes times ou arial tamanho 12, acompanhados dos dados de inscrição que constam no parágrafo 5.5 desse regulamento.

2.2. Não serão aceitos fanfics nem contos que pertençam ao universo de personagens já existentes criados por outro autor.

2.3. Os contos devidamente formatados deverão ser enviados a/c de Izabelle valladares, ou Jéssika Corrêa para o email
escritora@izabellevalladares.com.br ou jessika@ngnsolucoes.com.br , junto com os dados de inscrição e demais documentos de autorização (no caso de menores de idade).

2.4. Os contos inscritos deverão contemplar, obrigatoriamente, os seguintes elementos:

(a) narrativa em primeira pessoa ou terceira pessoa;

(b) temática da antologia (vingança), sendo que o tratamento dado ao tema será de exclusividade de cada autor.

(c) não ultrapassar o limite de 8000 caracteres com espaços.

2.5. Caso o autor deseje que seu conto tenha mais do que o espaço reservado de 8000 caracteres ele terá a opção de adquirir o valor de duas cotas, assim podendo ampliar seu espaço na antologia. Os procedimentos são os mesmo citados no item 1.5 desse regulamento.


3) NÃO SERÃO ACEITOS CONTOS QUE:

(a) possam causar danos a terceiros, seja através de difamação, injúria ou calúnia, danos materiais e/ou danos morais;

(b) contenham dados ou informações racistas ou discriminatórias;

(c) tenham a intenção de divulgar produtos ou serviços alheios aos objetivos da antologia ou que tenham qualquer finalidade comercial;

(d) façam propaganda eleitoral ou divulguem opinião favorável ou contrária a partidos ou candidatos;

(e) tenham sido produzidos por terceiros;

(f) que não venham formatados nas normas estabelecidas por esse regulamento e descritas no item 2.1.

4) DOS CONTOS INSCRITOS

4.1. Os contos inscritos serão analisados e selecionados mediante avaliação de profissionais nomeados pela organização da Antologia, cujas decisões serão soberanas e irrecorríveis. A avaliação se dará com base nos seguintes critérios:
(a) criatividade e originalidade do enredo;
(b) adequação do enredo ao universo ficcional do livro
(c) impacto do conto e qualidade dos recursos narrativos utilizados.

4.2. Ao se inscrever na Antologia Vingança o autor autoriza automaticamente a veiculação de seu conto, sem ônus para a organizadora,nos meios de comunicação existente ou que possam existir com a intenção de divulgar a antologia.

5) SOBRE AS INSCRIÇÕES:

5.1. As inscrições para a Antologia vingança serão abertas às 24h00min do dia 15 de junho de 2010 e encerradas em 20 de agosto de 2010, no formato e padrão já descritos, sendo que a partir desse momento o prazo para publicação é de 60 dias. As inscrições só poderão ser feitas pelo e-mailescritora@izabellevalladares.com.br

5.2. Inscrições por e-mail: o candidato deve enviar, anexado a uma mensagem eletrônica, o arquivo (doc) contendo seu texto para o endereço
escritora@izabellevalladares.com.br . No corpo da mensagem, o autor deverá fornecer as outras informações exigidas por este regulamento para que se efetue a inscrição.

5.3. Um determinado conto poderá ter mais de um autor, num número limite de dois. Um determinado autor poderá participar da antologia com mais de um conto, desde que observado o parágrafo 1.5 e 2.5 desse regulamento.

5.4. As inscrições são gratuitas.

5.5. Para participar os candidatos deverão, além de enviar um ou mais contos de acordo com as regras estabelecidas neste regulamento, fornecer as informações a seguir:
(a) nome completo do autor do conto e de seu responsável legal(se for menor de idade);
(b) data de nascimento;
(c) número do documento de identidade pessoal e do responsável legal(se for menor de idade);
(d) endereço físico e eletrônico, completo e legível;

(e) telefone fixo e celular;

(f) informação de onde e como ficou sabendo da antologia;

(g) mini biografia de no máximo três linhas para cada autor. No caso de contos com dois autores o espaço deverá ser dividido entre ambos.

5.6. Só serão aceitas inscrições através dos procedimentos previstos neste regulamento. Os dados fornecidos pelos participantes, no momento das inscrições, deverão estar corretos, claros e precisos. É de total responsabilidade dos participantes a veracidade dos dados fornecidos à organização da Antologia Vingança
5.7. Em caso de fraude comprovada, o conto será excluído automaticamente da antologia.

6) OUTRAS INFORMAÇÕES

6.1. Dúvidas relacionadas a esta antologia e seu regulamento poderão ser enviados para o e-mailescritora@izabellevalladares.com.br.

6.2. Todas as dúvidas e casos omissos neste regulamento serão analisados por uma comissão composta pela equipe organizadora e sua decisão será irrecorrível.

6.3. Para todos os efeitos legais, os participantes do presente Antologia vingança declaram serem os legítimos autores dos contos inscritos e garantem o ineditismo dos mesmos, isentando organizadora de qualquer reclamação ou demanda que porventura venha a ser apresentada em juízo ou fora dele.

6.4. A organizadora , reserva-se o direito de alterar qualquer item desta Antologia, bem como interrompê-la, se necessário for, fazendo a comunicação expressa para os participantes.

6.5. A participação nesta Antologia implica na aceitação total e irrestrita de todos os itens deste regulamento.

3 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br

POLÊMICA NO AR!!!!!

Preciso que comentem abaixo o que pensam sobre esta postagem... Preciso de opiniões com sentido, para que possa ter uma visão ampla da coisa.
SERIA A BÍBLIA UMA ANTOLOGIA?

Será que os livros da bíblia foram escritos por homens que criaram uma história? Se hoje você visse um pastor evangélico ministrar a cura em alguém você acharia que ele é um Salvador como Jesus Cristo? Ou será que jesus foi o primeiro a ousar curar e por isso foi crucificado?
E se eu te convidasse para escrever um polêmico livro sobre isso? Você toparia?
E se cada um de nós, reescrevesse um capítulo com nossa visão?
Pense e responda, seria polêmico?
Acredito que sim, mas , acredito que desmascararia muita coisa, pois na minha opinião igreja hoje seja católica, evangélica ou qual for... é uma instituição falida... Deus habita em nós mesmos, faça o bem e verás prosperidade em sua vida... ou isso também é uma lenda?
Comentem abaixo, não me deixem no vácuo!

16 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br

Mulheres positivas


"Caros leitores, ontem no final da tarde recebi um livro da escritora Silmara Retti, achei-a muito simpática na capa, mas o importante para um crítico é o seu miolo, por isso muitas vezes, escritores mandam-me livros cheios de ilustrações , ou com capas hollywoodanas ou pedem minha opinião sobre pseudônimos, e sempre mando ligar o alerta, para editores e críticos o que importa é o texto, a forma que ele prende o leitor é para mim o primordial. Há livros que a décima página é o meu limite.
Parei de trabalhar por volta das 23:00 horas e por incrível que pareça, quando paro de trabalhar, vou trabalhar, ou seja, ler textos que recebo, analisar obras do Rumos culturais do Itaú, projeto para qual presto serviço de crítica de literatura, enfim, faço o que amo, e faço com prazer, minhas horas livres também são para ler, quando vou á praia também leio, mas não abri esta postagem extra pra falar de mim é claro...
O livro aborda o tema AIDS, mas não é mais uma versão chorosa do que para muita gente é a verdadeira bruxa de Blair, algo que não queremos , mas podemos encontrar um dia, como diria o Fábio, um dos personagens que me encantou neste livro:"Tudo depende do prisma", e a autora conseguiu colocar na obra uma visão realista e divertida sobre sua própria realidade.
Não vou capitular como uma lição de vida, pois não é, porque hoje em dia é um fato que acontece em muito mais famílias do que imaginamos, o livro não é simplesmente mais um livro sobre a Aids, é um livro sobre um amor louco, mas real, é um livro sobre diversidades humanas, sobre diversidades culturais, sobre amor incondicional, sobre tirar as máscaras.
Como visão crítica, no início achei o texto um pouco espremido, com informações demais, nomes demais, e custei um pouco pra pegar o embalo, parecia que a escritora estava desabafando no papel anos de palavras compactadas em algum lugar do seu coração, prontas para explodir e pegar o leitor pelo pescoço e dizer: Leia-me!Mas com o passar das páginas , a leitura foi prendendo, achando o caminho, ficando leve, divertida. Não fiquei buscando erros como crases ou palavras iniciadas com letra minúscula, procurei a essência da alma da escritora, e encontrei! Li até ás 03:35 de um dia de trabalho árduo porque não conseguia parar de ler,e sabia que hoje estaria com meu dia inteiro preenchido chegava a ler com um olho só de ladinho no travesseiro para descansar um pouco o outro rsrsrs.
Silmara Retti, parabéns pela sua obra, escreves bem, consegue passar sentimentos para o papel com singeleza ( amo esta palavra!) e determinação mútuas.
FLASH, VOCÊ SABE O QUE EU TENHO ? Eu Izabelle Valladares, crítica e leitora, recomendo!

0 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br

Vida de mulher moderna afff!!!!


Amigos e leitores, sabe que ás vezes acho um saco ser uma mulher moderna!
Pra começar, meu dia teria que ter 36 horas, pra dar tempo de fazer tudo. É filho, é banco, é remédio, é escola, correspondencia, telefone que não pára, rádio que não pára, amigo que morre, amiga que tem filho velha demais e tá carente, namorado querendo atenção,goleiro que mata e esfola, dinheiro, cartão, Marcelo Lino me chamando o dia todo no MSN, enfim, tantas coisas que ás vezes eu queria dar uma louca... abandonar tudo... esta semana eu conversava com um andarilho muito louco, que me disse que atravessou 3 estados de bicicleta pra não deixar o cachorro pra trás, um vira-latas sarnento com cara de gato persa, ao entrevistá-lo em um dia quente de sol, descubro que não tem documentos,mas sabe a idade, sabe o dia que nasceu, nunca votou, e acha que isso foi a melhor das escolhas que fez...enfim,ele vê o sol nascer, vê a chuva cair, e eu tenho dias que não tenho tempo nem de me olhar no espelho.
Enfim, sei que não sou a única que passa por essas indagações, ganhamos os direitos da modernidade, mas continuamos com a sobrecarga de ser mãe, do lar, boa filha e boa esposa, enfim..talvez seja melhor ser uma boa filha da ..... largar tudo, ser livre, cheirar a chuva caindo na terra batida, se molhar, comer manga sem talher, manchar a roupa de jamelão, beber até cair e levantar , gritar na janela do carro com os braços pro ar ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh, eu sou livre, ou então sei lá, começar a cantar, ter uma banda de heavy metal ou aprender a tocar tambora e viver em uma tribo amazonense, não sei ...
Peraí gente, 22:42 to no computador ainda, to endoidando rsrs acordei, de volta a realidade rs, beijos,desabafos, cansaço, ou canssasso, ou canzaso ,ou cançaço???? Dane -se rrsrsrs vou dormir, por hoje basta! affffffffffff.

2 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br

Convite para lançamento da antologia UFO

2 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br

A hora de virar o jogo!




Temos momentos na vida em que tudo parece pesado demais.
Nos deparamos com compromissos que parecem não ter fim, relacionamentos mornos, que socialmente são bem aceitos, filhos que merecem regras que não conseguimos aplicar nem mesmo em nossas vidas, sonhos que parecem palpáveis nos sonhos, e na prática parecem inalcansaveis, momentos de frustração e de desânimo, e se pararmos pra pensar é um ciclo que não pára em nossa vida.
Todas as preocupações vão e vêm como em uma maré, uma hora baixa, uma hora alta, nos damos momentos de prazer e lazer, com a preocupação que no dia seguinte tudo volta ao normal.
Regras que a sociedade nos impõe, medos e opressão.
Ás vezes tenho a nítida sensação que vivemos o presente se preocupando somente com o futuro, trabalhamos exageradamente hoje, para ter uma velhice confortável, sem saber se chegaremos lá, adiamos o sonho de ter um filho para que o mesmo tenha um futuro próspero, sem saber se chegaremos lá, ou nos entregamos as rotinas e doutrinas religiosas, por pensar no que nos acontecerá depois da morte, aliás, quem provou que nos acontecerá algo? E Deus , coitado, sai da condição de amigo para entrar na condição de promotor de justiça, porque dentro da palavra do homem , Deus acusa mais que perdoa.Não querendo ser polêmica, mas também não fazendo questão de não ser, que Deus é este infinitamente misericordioso, que ao invés de se preocupar com as famílias de desabrigados, de órfãos ou com os enormes males da humanidade, se preocuparia com a roupa que você veste, ou com o lugar que você freqüenta?
Pobre de nós, simples mortais, que desde que o mundo é mundo, nos preocupamos mais com a punição pós morte do que com a dádiva que é viver.
A solução para o mundo está no mais difícil pedido que jesus Cristo fez:Ama ao teu próximo como a ti mesmo.
Se paramos pra analisar este pedido e tentar colocá-lo em prática perceberemos o quanto somos hipócritas e mesquinhos com o bem.
Abrace um mendigo na rua, ou permita que uma prostituta beije seus pés em um jantar familiar? Difícil não é? Seja um líder religioso somente com o poder da palavra, como Mahatma Ghandi fez. E qual a religião dele? Católico? Protestante? Muçulmano?Espiritualista? Não importa, o importante é que fez de sua vida um exemplo, acusarmos com nosso dedo indicador é mole, o difícil é fazer de nossa existência um espelho de bondade e discernimento do bem e do mal.Muitas vezes penso, se não criaram a culpa para que nos ofereçam a redenção com a outra mão e com preço justo, ou pelo menos justificável. E que Deus é este ? Um barganhador? Você peca e se arrepende e estamos quites? Em alguns momentos penso que a Bíblia foi escrita por pessoas como eu, um simples escritor, com sonhos, ou por um revolucionário que cansou-se das regras do passado, e criou histórias incríveis como a de um primeiro homem e de uma primeira mulher que habitaram um mundo inteiro com várias raças, aliás o que é raça? A cor da pele? A cor do cabelo? A cor dos olhos? acho que existem duas raças, a raça ruim e a raça boa, eu estou no lado das raças boas, sigo regras impostas por mim mesma, e não faço mal a ninguém , ao meu ver, mas posso estar do lado da raça ruim pra muita gente, até mesmo por minhas idéias que há algum tempo poderiam ser consideradas anarquistas.
Acho que é hora de virar o jogo, balançar o tabuleiro, mexer nas peças sem uma ordem certa, viver o hoje, amar o hoje, quebrar regras, romper barreiras, sonhar independente de alcançar, achar que nosso amor é pra sempre.E se não for? Qual o problema? Amar é tão bom , que se ame mil vezes em uma só vida! Achas que Deus se importa que você está amando demais, e ao mesmo tempo está abrindo as portas celestiais para um matador sanguinário que simplesmente dobrou seu joelho e pediu perdão? Deus é muito mais, aliás , quem é Deus? Não sabemos? Porque? Será uma necessidade do homem acreditar que existe alguém controlando tudo?
Deus pra mim, é um amigo, um doce, um fofo, meu companheiro nas noites solitárias,meu ouvinte quando o mar está cristalino e falo, valeu hein parça!Mas muitas vezes, leva esporro como um amigo qualquer que não nos avisou que tinha um buraco em nossa frente, e prefiro visualizá-lo assim, não como um fuxiqueiro observador dos meus passos, como dizia minha avó, anotando tudo pra no dia do natal avaliar se mereço um Citroen C4 Pallas ( meu sonho de consumo) ou um pano de prato de 1,99.
Como diria o saudoso Nelson rodrigues, "Se os outros vissem o que fazemos entre 4 paredes, ninguém falaria com ninguém", imagina Deus.
É hora de sacudir a poeira, quinta feira, 08:41 da manhã, véspera do jogo da seleção, um sol lindo lá fora, um desabafo no papel, um cheiro para os amigos, um beijo quente para o meu amor, um olhar maternal para as filhas e a vida que segue o fluxo.

1 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br