Homenagem atrasada a dia das mães

Queridos leitores, estou postando esta poesia da amiga e escritora Zezé Barcelos em homenagem ao dia das mães, com um pouco de atraso devido á minha agenda está apertadíssima, mas, com muito carinho e respeito á todas as mães.
Este poema muito me emocionou, por eu ter passado o 1º dia das mães longe da minha mãe, e longe de minhas filhas por conta dos compromissos em Buenos Aires, mas fica aqui a minha homenagem,um grande beijo á todas as mamães e a todas as filhas também, porque muitas das vezes ser filha também é uma barra.

Parabéns a Zezé Barcelos pelo poema, e informo que o mesmo estará no livro que vai estar na Bienal de Pernambuco, Feira de Guadalajara e Salão de Madrid.





SEU  NOME ´É  AMOR

MÃE, SER DIVINO
QUE AMA SEU FILHO
INCONDICIONALMENTE
AINDA EM SUA ENTRANHA

MESMO SEM CONHECÊ-LO
COM UMA FORÇA TAMANHA
O PEQUENINO SER
QUANDO NASCE,

ELA O ACOMPANHA
POR TODA A SUA VIDA
SENDO AMIGA E COMPANHEIRA
SUA MELHOR CONSELHEIRA

QUANDO CRIAÇA SEGUE SEUS PASSOS
RINDO COM SEUS RISOS
ESTREITANDO OS LAÇOS
COBRINDO-O DE BEIJOS E ABRAÇOS.

QUANDO ADOECE
DIAS E NOITES SEM FIM,SEM CANSAÇO
VELANDO SEU SONO
REZANDO FIRME, PADECE.

DEPOIS ELE CRESCE
FICA INDEPENDENTE!
E A MÃE TEM QUE ENTENDER
QUE  O FILHO VAI AGORA
O MUNDO CONHECER
E AS VELHAS NOITES DE INSÕNIA
IRÃO NOVAMENTE ACONTECER.

E ESSA OUTRA MULHER,
A QUE ABANDONA
SEM DÓ,NEM PIEDADE
SEU FILHO NA RUA


ESSA, QUE ESQUECE AS DORES DO PARTO
E LARGA A CRIA, COMO SE FOSSE UM FARDO
O NOME MÃE, NÃO MERECE!
E UM SER IMPERFEITO

O AMOR DESCONHECE
E NEM SABE O QUE PERDEU
A GRAÇA DE TER O FILHO
SUGANDO O PEITO SEU.

                    ZEZE BARCELOS

Share on Google Plus

0 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br