sábado, 30 de abril de 2011

Selecionados Histórias Para Você Dormir 2

Histórias para você dormir 2

Caros leitores, segue abaixo a listagem com os primeiros nomes selecionados para a Antologia Histórias Para Você Dormir 2, parabenizo aos autores selecionados, e todos irão receber certificados e medalhas das academias de letras que apoiam este livro, o mini net book (cor rosa) que será doado a um dos autores, irá ser dado por votação popular, aguardem as novidades.

Os escritores selecionados devem entrar em contato com merari tavares no email: merari@valladaresbooks.com.br, para solicitarem seus contratos e pegarem as informações importantes sobre lançamento e sobre as fotos que serão solicitadas.


 Escritores e Textos Selecionados:

Acyoli Neto - O Ciclo das Águas


Altelizia Laura Duque - A Bruxinha e o Cadarço, Cadê o Bigode do Gato
Antonio Nunes - Sorrisvaldo

Águeda Mendes da Silva - O Filho da Chuva



Arlete Trentini - A fadinha do sorriso

Auta Leal -  Aninha a joaninha e a festa


Betty Silberstein - O mistério da areia mágica


Cadu Lima Santos -  As bruxinhas


Delirose Lima -  O assassinato da gramática


Edilson Nascimento Leão e Milton Henrique - O peixinho glup glup


Elza Ghetti Zerbatto - Deu pane no alfabeto


Fabio Benini - As aventuras do garotinho feliz


Geraldo Portal Veiga - Ser Crianças


Glaucia Regiane Nunes - O sítio do Nhô Zé


Hilda Giullian Telles - A Pulguinha Liloca


Ironi Lirio Gonçalves - Nilsinho e Zé Jacaré


Isabel C.S.Vargas - Roberto, o menino anjo


Izabelle Valladares - A viagem da chuva


J.C Bridon - Coração nas Nuvens


Jô Mendonça Alcoforado - O rock e o amor de Rosinha

Marcelo Canto - Reflexões


Maria Melo - O jacaré e a lagartixa


Maria Fátima Quadros - Era uma vez o papagaio Falapopó


Marilise Batista - Os pezinhos de Sofia e o segredo de Daniel


Merari Tavares - Um presente de Natal



Moacir Torres - As aventuras das maluquinas em floresta azul


Naava Bassi - Pontual e Phillipe


Neri França Bocchese - Nuvens Encantadas


Neuza Rosa - Alguém para ser meu amigo


Paola Rhoden -  Água, terra e ar!


Patrícia Diniz Santos - Mais que uma amiga


Renato F. Marques - Renato, o menino sonhador

Sandro Nonato -


Silvana Borges - O menino que desenhava e o rei do mar


Tânia Rodrigues Peters - Meu super herói


There Vale -  A vingança da macaca


Tunin - Mimi e Minu


Valéria Victorino Valle - Infantil Ciúme


Vanyr Carla - Os pés de Jabuticaba


Vicência Jaguaribe - Pretinha uma graúna diferente


Zaymon Zarondy - A história do menino que queria ser poeta


Zezé Barcelos -  A Casa da Vovó

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Comentário do escritor ,jornalista renomado e respeitabilíssimo membro da academia Paraibana de letras Carlos Aranha

Opinião










CARLOS ARANHA

Transcrito do “Correio da Paraíba”
 Quarta-feira, 27 de Abril de 2011

Palavras sem fronteiras

A latino-americanidade sempre foi uma das bandeiras de fortalecimento da cultura dos países abaixo da América do Norte, que, com poucas exceções, dialogam entre si nesse sentido. Nem mesmo o rigor das ditaduras nos anos 70 isso impediu. Nem o atual governo Hugo Chávez, que não incluiu a cultura em sua falta de diálogo com países que não lhe são simpatizantes. Em Cuba, sempre houve a aceitação da interatividade cultural, já antes do regime de Fidel Castro, que não exerce uma censura mão-de-ferro como costumam dizer alguns intelectuais de peso. Em Havana, por exemplo, no auge do regime socialista, encontraram-se cineastas liberais como Jean-Luc Godard e Michelangelo Antonioni.

Uma das maiores e constantes ligações culturais entre países da América do Sul é a do Brasil com a Argentina. Domingo próximo, durante a Feira do Livro de Buenos Aires será apresentada a antologia bilíngüe “Palavras sem fronteiras”/”Palabras sin fronteras”, fruto do talento e insistência da escritora Izabelle Valladares, com apoio do Poetas del Mondo. Mas, o lançamento oficial será em 12 de maio, na Livraria Eterna Cadencia, uma das mais tradicionais de Buenos Aires. No Brasil, em 10 de junho, junto com a premiação do Salão de Artes da Associação Fluminense de Belas Artes.

Entre os autores brasileiros, da Paraíba foram escolhidos dois poetas que bem nos representam na iniciativa: Leo Barbosa e Jô Mendonça. Autor de “Versos versáteis” (que tive o orgulho de prefaciar), Leo Barbosa em 2009 iniciou o projeto Difusão Perseverante, divulgando seus livros e estimulando o gosto pela literatura em conversas nas escolas, já tendo interagido com cerca de 20 mil pessoas. Psicóloga da UFPB, Jô Mendonça chegou a ser publicada no livro internacional “Ponte dos sonhos”, lançado na Feira de Frankfurt, na Alemanha.

Leo e Jô criam e divulgam palavras sem fronteiras. Todos os outros poetas da antologia estão nesse belo caminho.

(*) CARLOS ARANHA é jornalista, escritor e Membro da Academia Paraibana de Letras

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Histórias para você dormir 2- Faltam 3 dias




Visualizar




CAROS LEITORES, SEGUE ABAIXO A LISTAGEM COM OS PRIMEIROS NOMES SELECIONADOS PARA A ANTOLOGIA HISTÓRIAS PARA VOCÊ DORMIR 2, LEMBRANDO QUE AINDA FALTAM 10 TEXTOS PARA FECHARMOS NOSSA LISTAGEM, COMO ESTAREI DIA 30 NA FLIPOÇOS, PREFERI ANTECIPAR O RESULTADO DOS TEXTOS JÁ SELECIONADOS.
PARABENIZO AOS AUTORES SELECIONADOS, E TODOS IRÃO RECEBER CERTIFICADOS E MEDALHAS DAS ACADEMIAS DE LETRAS QUE APOIAM ESTE LIVRO, O MINI NET BOOK (COR ROSA) QUE SERÁ DOADO A UM DOS AUTORES, IRÁ SER DADO POR VOTAÇÃO POPULAR, AGUARDEM AS NOVIDADES.

OS ESCRITORES SELECIONADOS DEVEM ENTRAR EM CONTATO COM MERARI TAVARES NO EMAIL: merari@valladaresbooks.com.br,PARA SOLICITAREM SEUS CONTRATOS E PEGAREM AS INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE LANÇAMENTO E SOBRE AS FOTOS QUE SERÃO SOLICITADAS. A SELEÇÃO TERMINA DIA 30


 

ESCRITORES E TEXTOS SELECIONADOS:

ARLETE TRENTINI- A FADINHA DO SORRISO



NERI FRANÇA BOCCHESE- NUVENS ENCANTADAS



IZABELLE VALLADARES- A VIAGEM DA CHUVA



PATRÍCIA DINIZ SANTOS- MAIS QUE UMA AMIGA



MOACIR TORRES- AS AVENTURAS DAS MALUQUINHAS EM FLORESTA AZUL



MARIA MELO- O JACARÉ E A LARGATIXA



GERALDO PORTAL VEIGA- SER CRIANÇA



BETTY SILBERSTEIN- O MISTÉRIO DA AREIA MÁGICA



FABIO BENINI- AS AVENTURAS DO GAROTINHO FELIZ



THERE VALIO- A VINGANÇA DA MACACA



NAAVA BASSI – PONTUAL E PHILLIPE



ANTONIO NUNES- SORRISVALDO



MARILISE BATISTA- OS PEZINHOS DE SOFIA E O SEGREDO DE DANIEL



IRONI LIRIO GONÇALVES- NILSINHO E ZÉ JACARÉ



ALTELIZIA LAURA DUQUE- A BRUXINHA E O CADARÇO, CADÊ O BIGODE DO GATO



DELIROSE LIMA- O ASSASSINATO DA GRAMÁTICA



GLAUCIA REGIANE NUNES- O SÍTIO DO NHÔ ZÉ



HILDA GIULLIAN TELLES- A PULGUINHA LILOCA



AUTA LEAL – ANINHA A JOANINHA E A FESTA



ACYOLI NETO- O CICLO DAS ÁGUAS



ISABEL C.S. VARGAS- ROBERTO, O MENINO ANJO



VIVÊNCIA JAGAUARIBE
 – PRETINHA UMA GRAÚNA DIFERENTE



 Valéria Victorino Valle
- Infantil ciúme


Edilson Nascimento Leão e Milton Henrique
_ O Peixinho Glup glup


Elza Ghetti Zerbatto 
_ Deu pane no alfabeto


Tunin
_Mimi e Mimu

  J.C Bridon

_ Coração nas nuvens


Cadu Lima Santos
_ As bruxinhas


Renato Marques
_ Renato, o menino sonhador.


Merari Tavares
Um presente de natal


Vanyr Carlla
Os pés de Jabuticaba


Zaymon Zarondy


A história do menino que queria ser poeta


Paola Rhoden


Água , terra e ar!


Marcelo Canto
Reflexões
NEUZA ROSA 
ALGUÉM PARA SER MEU AMIGO


SILVANA BORGES
O MENINO QUE DESENHAVA E O REI DO MAR


TÂNIA RODRIGUES-PETTERS
MEU SUPER HERÓI


MARIA DE FÁTIMA B.QUADROS
O PAPAGAIO FALAPOPÓ









 

Visita na Biblioteca Municipal Walter Nogueira

Dia 18 de abril tive dois momentos importantes na Biblioteca Municipal Walter Nogueira, na parte da manhã, visitei a biblioteca e convidei a escritora Ceiça Esch, para participar comigo doando livros e interagindo com as crianças.
Tivemos uma manhã muito especial e agradável. Contei também com o apoio e a doação do valor arrecado dos livros de Valéria Victorino Valle nas minhas "andanças" nordestinas para a colaboração na doação de chocolates para as crianças, o que as deixou radiantes de felicidade.A escritora Ceiça Esch, ficou com os olhos marejados ao ver as crianças abraçadas com os livros e felizes com a manhã maravilhosa que tivemos.


Durante o turno da tarde, palestrei para educadores, leitores e amantes da literaura, sobre o manual "5 passos para tornar-se um escritor " e foi um grande sucesso.
Contamos com a visita do Conselheiro de cultura Flávio Peixoto, além do sub-secretário de cultura de Cabo Frio e do apoio de Aidê Castella e da diretora da biblioteca Zuleica Crespo















segunda-feira, 18 de abril de 2011

Wilson Simonal - Condenado por um passo mal dado.

Ninguém sabe o duro que dei


Acho que a nova geração nunca deve ter ouvido

 falar de Wilson Simonal.
 Um dos maiores artistas que este país já teve. 
Conhecido pela sua musicalidade louca de juntar 
Mpb e R&B.(Rhythm and Blues)
 Simonal fez grande sucesso na década de 60
 e no começo da década de 70. 
Sendo reconhecido internacionalmente.
 (Principalmente nos Estados Unidos e Portugal)

A música "País Tropical", foi um dos seus maiores hits.

 (Apesar de ter sido composta por Jorge Ben Jor)
A música fez um sucesso estrondoso na voz de Simonal. 
Em 1970, acompanhou a seleção brasileira de futebol
 na Copa do Mundo, realizada no México, 
onde tornou-se amigo dos jogadores de futebol
 Carlos Alberto e Jairzinho e do maestro Erlon Chaves.

Na época feia da ditadura, 

Simonal entrou em uma
 grande encrenca envolvendo o seu 
contador. 
Simonal teria sido vítima de um desfalque
 e demitiu seu contador, Raphael Viviani,
 o suposto culpado.
 O mesmo entrou com uma ação trabalhista 
contra Simonal. (Até ai tudo tranquilo.) 
A cagada de Simonal foi ter ido com 2 amigos 
militares para tentar tirar uma confissão do roubo. 
O Contador foi torturado dentro do Dops. 
(Serviço de Inteligência e considerada a 
policia da época.)

O problema é que o contador denunciou o Simonal e, 
quando os jornais noticiaram o fato, os envolvidos foram obrigados a se explicar. 
Wilson Simonal ficou taxado desde então, ficou conhecido como o cara que 
dedava tudo o que acontecia no meio artistico para os militares.

Simonal foi processado sob acusação de extorsão mediante sequestro do contador. 
Ele levou como testemunha um dos seus amigos que trabalhava no
 Departamento de Ordem Política e Social do então Estado da Guanabara,
 Mário Borges, que o apontou como informante do Dops. Outra testumunha do caso, 
um Sargento do I Exército, afirmou que Simonal colaborava com a unidade.

Wilson Simonal caiu no ostracismo devido a isso.
 O povo e principalmente os músicos da época o
 taxavam como dedo duro. Isso graças a mídia 
sensacionalista da época.
 Discos do cantor que antes vendiam como água, 
acabavam sendo boicotados e Simonal foi perdendo espaço.
 Há pouco tempo atrás, foi comprovado que Simonal 
não fez parte do Dops e que todas as alegações de 
sua colaboração a entidade foram falsas.

Não foi feito nem um pedido de desculpas. 
Wilson Simonal morreu em 2002, vítima 
de cirrose hepática decorrente do alcoolismo.

Segundo sua segunda mulher, Sandra Cerqueira, 
"Ele dizia para mim: 'Eu não existo na história da 
música brasileira' "

domingo, 17 de abril de 2011

Uma páscoa muito especial!

Queridos leitores e amigos escritores, amanhã pela manhã estarei fazendo uma visita a biblioteca municipal Walter Nogueira, ás 9 horas, com o apoio da diretora da biblioteca, para um café da manhã
literário, com crianças da rede municipal de ensino, na ocasião estarei doando livros infantis e ovos de páscoa. Olha que dia lindo?
Convidei a amiga e escritora, que em breve tornará-se comendadora,Ceiça Esch, para me acompanhar na visita e tenho certeza, que teremos uma manhã muito especial.

Ás 14 horas estarei na mesma biblioteca palestrando para professores e futuros professores das Universidades Estácio de Sá, Ferlagos e escola preparatória de professores IGA, sobre o manual "5 passos para tornar-se um escritor"

Vamos que vamos e acompanhem as fotos.

Feliz todos os dias para vocês...Lembrem-se na páscoa de quem morreu na cruz por nós,e não se esqueçam...Não foi o coelhinho rsrsrs bjsssssssss!


domingo, 10 de abril de 2011

O Islã incita a violência?

Fundamentalistas dispostos a matar "infiéis" em nome de Deus existem em todas as religiões.Mas uma coisa não dá pra negar: eles são bem mais numerosos no mundo islâmico.



Caro leitor, não vou postar neste blog nada que mostre a violência da tragédia de Realengo, principalmente, mostrar fotos de um lunático que infelizmente irá demorar para ser esquecido, mas infelizmente mentes doentias existem, e como existem...Eu mesmo já fui vítima de uma violência gratuita , de uma pessoa que nunca me viu e me odeia de graça, ao ponto de eu ter que trocar o telefone de minha residência, mas isso , é um capítulo que não merece ser citado, frente a esta dor que hoje se propaga no RJ, mas, afirmar que mentes que se ocupam com o mal existem, realmente existem.
Incrível que tudo tenha acontecido na mesma data que há um ano atrás aconteceu a tragédia aqui no RJ, no morro do Bumba em Niterói, minha terra natal, mas uma tragédia da natureza não esperada, e igualmente triste.

É fato: Há muito mais terroristas muçulmanos em atividade no mundo que cristãos ou judeus dispostos a matar em nome de Deus.Também é verdade que certos trechos do Alcorão,o livro sagrado do Islã, parecem um convite à intolerância- dependendo da interpretação que se faça.Mas nada disso permite a quem quer que seja afirmar que o islamismo é uma religião mais chegada a violência que as outras.
Fundamentalistas sanguinários nunca foram uma exclusividade do mundo islâmico.Nas cruzadas e na Inquisição,por exemplo,judeus e muçulmanos sentiram o fio das espadas cristãs ou arderam na fogueira simplesmente porque professavam outra crença.
Quanto aos trechos do Alcorão que supostamente incitam a violência,não há como negar:alguns são bastante violentos.Mas a Bíblia e a Torá também os têm, e nem por isso cristianismo e judaísmo são apontados como religiões propensas ao "quebra pau".
Trechos de exemplo:
Alcorão
"Uma vez expirados os meses sagrados,matai os idólatras onde quer que encontreis e apanhai-os e tornai-os prisioneiros, e ficai a sua espreita; mas, se eles se convertem, se observam a oração, e concedem a esmola, então deixai -lhes livre o caminho,pois Deus é indulgente e misericordioso."
(Sura 9:5)

Torá
(antigo testamento)
"Quando o senhor teu Deus te houver introduzido na terra,á qual vais para a possuir, e tiver lançado muitas nações diante de ti,os heteus e os girgaseus, e os amorreus, e os cananeus,e os perizeus,e os heveus, e os jebuseus, sete nações mais numerosas e mais poderosas do que tu.
E o senhor teu Deus as tiver dado diante de ti,para as ferir, totalmente as destruirás:não farás com elas alianças, nem terás piedade delas"
(deuteronômio 7:1-2)

Biblia: 

"Pois eu vos digo que a qualquer que tiver ser lhe dado,mas ao que não tiver ,até o que tem lhe será tirado.E quanto àqueles meus inimigos que não quiserem que eu reinasse sobre eles,trazei-os aqui, e matai-os diante de mim ( Lucas 19:26-27)


É graças à fúria de grupos Al-Qaeda e Hamas que a imagem do Islã no Ocidente anda tão estremecida.
Em junho de 2010, levantamento feito pelo instituto de pesquisa britãnico YouGov indicou que 80% dos ingleses relaciona islamismo com terrorismo, e assim acontece em muitas outras nações, a maioria acredita que a religião de Maomé encoraja a repressão às .mulheres.Para piorar,surgem líderes islâmicos como o presidente do irã, Mahmoud Ahmadinejad,que não se cansa de pregar contra judeus, cristõs e homossexuais.Com lideranças com como ele dominando o noticiário internacional fica difícil não associar Islã a violência.
Parte da má fama do islamismo se deve seguramente se também à polêmica Jihad - um conceito essencial da religião islâmica e frequentemente confundido com "guerra santa".
O significado básico é empenho ou esforço,algo mais ou menos como seguir o caminho de Deus com determinação", explica o historiador Bernard Lewis, autor do livro The Crisis of Islam:Holly War and unholy Terror,(A crise do Islã , guerra santa e terror profano)
O problema é que Obama Bin Laden e quase todos os radicais islâmicos interpretam Jihad da maneira que melhor lhes convêm: para justificar ataques de fúria,ódio, insegurança com suas próprias aparencias, vergonha de seus desejos mais íntimos e preconceitos, justificando-se contra os ditos "infiéis ou impuros", 
Para muitos estudiosos, o Islã não é só uma religião é uma ideologia política que prega a violência, o medo do domínio feminino na tradição de seus países, como aconteceu no ocidente e acabam estimulando a loucura de quem já se sente rejeitado.
Ayann Hirsi Alli, nascida na Somália e criada entre a Arábia Saudita e o Quenia afirma em seu livro:
"Crianças islâmicas em todo o mundo são ensinadas como eu fui : a desejar e perpetuar a violência contra dois inimigos : os judeus e o satã americano.
Eu, como neta de uma libanesa que saiu de seu país com a criação de Israel e desde então negou sua própria religião o Judaísmo, com medo da violência que poderia sofrer e decidiu ser atéia, e criou alguns filhos seguindo o mesmo ensinamento, ontem chorei algumas vezes por conta de toda brutalidade humana, ao ver nas manchetes dos jornais o resultado da idiotice da mente humana.








sexta-feira, 8 de abril de 2011

BLOG DO LIVRO "PALAVRAS SEM FRONTEIRAS"

Blog do livro "Palavras sem fronteiras

Estarei recebendo o título de comendadora da AFBA no dia do lançamento do livro Palavras sem fronteiras

Associação Fluminense de Belas Artes

X Salão de Artes em Homenagem à Antônio Parreiras

Câmara Municipal de Niterói

abertura: 28 de março de 2011

término com premiação / coquetel e solenidade de outorgas das Comendas de Belas Artes:

08 de abril de 2011

Artistas Participantes:

Otília OSaen

Claudia Rainha

Mozart

Yves Serpa

J. Marques

Paulo Di Miguez

Bena Loyola

Jorge Calfo

Inês Vitória

Reinaldo Silva

Jô Freitas

L. Cavalcante

MTapias

Rutmi S. Barile

Meg Carvalho

Moura Cavalcante

Ilma Leite

Valeria Fleury

Monica Rossi

Lucy Porto

Vander Pinto

Andréa ribeiro

La Coult

Lucilia

Diego Torres

Alexandre Ponzi

Lucia Pio


 

Outorga da Comenda Fluminense de Belas Artes:

Izabelle Valladares

Sissa Schultz

Yves Serpa

Bispo Dr. João Pedro do Nascimento

Jorge Marques

Carlos Alberto Sousa


 

Título de Grã-Cruz Belas Artes:

Dr. Geraldo Portal Veiga


 

Título de Chanceler Belas Artes:

Inês Vitória

Marques Dr. Alexandre Carvalho


 


 

Marchand e Curadoria de Artes
Chanceler De Luna Freire-Presidente nacional da AFBA e Conselheiro de Cultura de Niterói.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Divulguem seus livros na Flipoços

Caros escritores, estarei na Flipoços, em Poços de Caldas, Minas Gerais, palestrando, divulgando, vendendo livros, autografando, nos dias 30, 31, 1, 2, e 3 , o stand da Valladares Books e Artpop será o de número 8, passem por lá e façam-nos uma visita.
Os autores interessados em divulgarem seus livros, deverão entrar e contato pelo email
comendadora@izabellevalladares.com.br ou pelo atendimento on line do site www.valladaresbooks.com.br , não percam esta oportunidade de divulgar seu trabalho!











Divulgue seu livro na Flipoços

Selecionados para o livro "Papo Cabeça" - Bienal RJ

 

Caros leitores , é com imenso prazer que divulgamos a listagem dos escritores selecionados para o livro "Papo Cabeça",  organizada por Izabelle Valladares e Merari Tavares,com ilustrações de Danilo Marques e lançamento no dia 10 de setembro ás 19 horas na Bienal do Rio de janeiro.
Não Percam !

Selecionados

Adelice Silveira


Ana Nazaro


Arlete Trentini


Cadu Lima


Camila Senna



Cléo Affonso



Deise Formentim



Gabriela Boechat



Giullian Telles



Isabel C. Vargas



Izadora Chagas Pontes



Izabelle Valladares


J.C Bridon




Jenifer Alves


Maria Alice Lima Ferreira



Marilu Fagundes


Mario Rezende



Merari Tavares


Nathalie Ferrêt


Neri França Bocchese 



Renato F. Marques



Valeria Valle



Zezé Barcelos