Literarte apresenta a primeira antologia Trilingue organizada pela produtora cultural Izabelle Valladares

"SEM FRONTEIRAS", nenhum outro nome poderia ser escolhido para a primeira obra trilíngue da Literarte.
"Sem fronteiras" deriva da seleção de obras de escritores e poetas que atravessarão fronteiras linguísticas para mostrar seu trabalho.Editado em francês, Português e inglês com revisão, tradução e supervisão linguística de Tchierry Fiedec, Claudionor Ritondale, e Dira Braga.
O livro será lançado no mês de março na Europa, seguindo o roteiro: Londres,Paris, Luxemburgo, Suiça, Alemanha e Holanda.
No mês de abril terá lançamento no Brasil na Flipoços: Feira do livro de Poços de Caldas, onde alguns autores estarão presentes autografando em um bate-papo descontraído com o leitor em um stand preparado exatamente para isso.

O programa de TV "Sem fronteiras com Dyandreia Portugal" irá acompanhar a divulgação deste trabalho durante todo o trajeto na Europa e na Flipoços, e você poderá acompanhar pela TV no RJ ou pela WEB TV de todo o Brasil.
Durante o mês de abril, os leitores poderão acompanhar esta cobertura através da revista Literarte, que estará a venda em diversas bancas de todo o país.


O livro terá edição de luxo, com capa dura, e apresentação de Dyandreia Portugal e estará a venda na livraria virtual da literarte .
www.valladaresbooks.com.br 

São co-autores desta obra:

J.C Bridon


O  autor  escreve  há  mais  ou  menos  20  anos.  É  autor  de 
várias  obras  já  publicadas,  como  Casa  do  Anjo;  Poetizando  – 
Amor  Sonho  e  Poesia;  Momentos  de  Reflexão;  e  Caminhos 
da  Paz.  Participou  de  vários  concursos  de  poesia,  recebendo 
menções  honrosas  em  Porto  Alegre  (RS)  e  também  de  várias 
antologias  em  São  Paulo  e  Rio  de  Janeiro.  Escreve  semanal-
mente colunas para jornais de Gaspar (SC), sua cidade natal.
Delegado da ALAV
Acadêmico da Artpop
Comendador da ALG




Izabelle Valladares






 Izabelle  Valladares  ,  natural  do  Rio  de  Janeiro, 
nascimento  13/05/1975,  escritora,  neta  do  jornalista  baiano 
Antônio Andrade, ganhador do prêmio Esso de 1967, e sobrinha 
neta do historiador baiano José Valladares, um dos fundadores do 
MAB (Museu  de  artes  da  Bahia),  escritor,  crítico  e  curador  de 
artes, recebeu em laços sanguíneos o amor pela arte. Publicou no 
Brasil diversos livros.
Antóloga,  organizou  os  livros:  “Deixa  eu  te  contar?” 
(Teen),  “Ponte  dos  sonhos”  (Para  a  feira  do  livro  de  Frankfurt 
- Alemanha), “Brasil,  mais  que um país, uma inspiração”  (Para 
a  feira  de  Guadalajara  no  México),  “Tesouros  brasileiros” 
(Para  a  Feira  do  Cairo  -Egito), “Vingança –  Prato  que  se come 
frio?”, “Histórias para você dormir “, “Destinos- Histórias reais 
que  aquecem  o  coração”  e  “Palavras  sem  fronteiras”,  “Cordéis 
encantados, contos incríveis e poesias inesquecíveis”
Participa das antologias: “Brasilis” (Espanhola), Ganhadora 
do  concurso  de  contos  da  Belacop  com  o  conto  “Deus  visita 
o  sertão”  e  da  Editora  Gênesis  com  o  conto  “Um  bilhete  pode 
mudar  uma  vida!”,  e  do  segundo  da  Belacop  com  o  conto 
“Abismo de rancor” 
Presidente da Literarte : Associação Interancional de Escritores e Artistas


Valéria Victorino Valle

Valéria  Victorino  Valle, professora,  membro  da  União  Literária  Anapolina,  membro 
da  Academia  Anapolina  de  Letras,  membro  da  Academia 
Poçoense  de  Letras,  membro  da  Academia  Humberto  de 
Campos.  Publicações:  6  Livros:  A  viagem,  2004;  Diálogos, 
2005;  Retrato  4  X  4:  A  poesia  saltitante,  2009;  Poesia:  Um 
recorte  temporal, 2010; Um Punhado de  Poesia  Portugal, 2010; 
Memórias dos Escritores  da ULA, 2010. Medalha Internacional 
do Prêmio “Nocera Poesia”, Itália, Nova Sociale 2010; Medalha 
Personalidade  2010  da  Academia  de  Artes  de  Cabo  Frio/
ARTPOP  e  42  coletâneas  no  Rio  de  Janeiro,  São  Paulo,  Bahia, 
Minas Gerais, Pará, Goiás, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.


Arlete Trentinni dos Santos

Nascida  em  terras  catarinenses,  filha  de  José  Honório 

Trentini  e  Amália  Giotti  Trentini.  Casada  com  o  poeta  Bridon 
desde 1969. Mãe de quatro filhos e até o momento avó de quatro 
netos.  Na  vida  digo  que  sou  aprendiz  de  tudo:  de  cozinheira, 
bordadeira,  enfermeira  e  borralheira.  Pinto  telas,  faço  artesa-
natos. Sou uma mãe e avó de bem com a vida.
Meus blogs: 
Arlete e suas Histórias: 
http://arletesan.blogspot.com/
Exposição Virtual: 
http://www.artvale.hpg.ig.com.br/exposicaovirtual/
ex¬posicaovirtual.htm
Email: arletesan@terra.com.br
http://portadopoetabrasileiro.blogspot.com
http://redescritoresdecoquimbo.ning.com
http://www.camarabrasileira.com
http://www.arletedegaspar.prosaeverso.net


Ney Chagas Pompeu



Escritor  carioca,  autor de diversos  contos  e poesias,  apoiador 
e  incentivador  cultural.  Poesias  publicadas  no  Livro  “Cronistas, 
Contistas e Poetas”, no Projeto literário Delicatta, com participação 
na Bienal do Livro em São Paulo.Participação em mais de dezessete 
livros de Antologia de Poetas e Contos Brasileiros Contemporâneos 
(Câmara  Brasileira  de  Jovens  Escritores).  Condecorado  com  a 
Medalha  Marechal  Zenóbio  da  Costa,  concedida  pelo  Conselho 
Nacional da Associação dos Ex-Combatentes do Brasil. Participante 
da  antologia  Tesouros  brasileiros  e  Palavras  sem  fronteiras,  para 
feiras  internacionais. Ganhador do prêmio Personalidades 2010, na 
categoria revelação literária.
Acadêmico da Artpop- Academia de artes de Cabo Frio
Acadêmico da ALAV- Academia de letras y artes de Valparaíso
Ganhador do prêmio Interarte 2011


                Paulo Oliveira Caruso


Paulo  Roberto  de  Oliveira  Caruso  
nasceu  em  19  de  julho 
de 1975, no Rio de Janeiro (RJ). É administrador de empresas e 
advogado, formado nas duas ocasiões pela Universidade Federal 
Fluminense (UFF), em Niterói  (RJ). É servidor público,  coinci-
dentemente  trabalhando  numa  das  bibliotecas  da  Universidade 
do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) há onze anos. Autor de mais 
de 6 mil textos.



Thereza Theodora



Nasceu às margens do Ribeirão Vermelho, entre o verde e as 
montanhas,  na  região  hoje  conhecida  como  Parque  Estadual  do 
Desengano, no município de Santa Maria Madalena, Estado do Rio 
de  Janeiro. Aprendeu o manuseio das  fibras, pigmentos, corantes  e 
algumas colas vegetais no coração da  floresta onde nasceu e viveu 
sua infância e adolescência. Desde pequena se apaixonou pela obra 
do Grande Arquiteto,  e  fez  do  seu  habitat  a  escola  e  das mãos  do 
criador o ensinamento. Auto didata, professora de Letras Português/
Literatura,  a  artista  trabalhou  com  figuras  humanas,  pinturas  em 
cerâmica  e porcelana  antes de  se dedicar  exclusivamente  às  fibras, 
resinas, massas, corantes e pigmentos vegetais, terra, areia, pedra etc. 
na elaboração de suas telas e esculturas. 

Literarte: Quem aparece passa por aqui!

Associe-se : www.grupoliterarte.com.br 

Share on Google Plus

0 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br