Conhecendo Praga - República Tcheca!

No centro da Europa, encontra-se esta nação que é inspiradora principalmente aos amantes das artes, da cultura e de belas paisagens.

A cidade margeia o Rio Vltava e é linda por sua arquitetura, conhecida como a Cidade das cem cúpulas.
Destacamos em Praga, diversas cervejarias, que fazem a visita a capital um convite a degustação a esta bebida, com bares em estilo medieval, excelente comida e muito o que fazer, a cidade é linda.

Praga é um dos mais belos e antigos centros urbanos da Europa, famosa pelo extenso patrimônio arquitetônico e rica vida cultural. Importante também como núcleo de transportes e comunicações, é o principal centro econômico e industrial da República Checa. Situada na Boêmia central, a cidade de Praga localiza-se sobre colinas, em ambas as margens do Vltava, pouco antes de sua confluência com o Rio Elba. O curso sinuoso do rio através da cidade, cheia de belas e antigas pontes, contrasta com a presença imponente do grande Castelo de Praga em Hradcany, que domina a capital na margem esquerda (oriental) do Vltava.
 estilo renascentista.


No bairro Malá Strana está uma das duas igrejas barrocas de São Nicolau, a igreja do Menino Jesus de Praga, a igreja do Loreto (do século XVIII) e numerosos palácios da aristocracia tcheca, do século XVII, em estilo barroco.


Menino Jesus de Praga








Em 31 de dezembro de 1992, a Tcheco-Eslováquia se dividiu formando assim dois países distintos a República Tcheca e a República Eslováquia.
Apesar de pertencer a União Europeia , a República Tcheca não utiliza o Euro como moeda oficial, a moeda por lá é a Coroa Tcheca. Falando em Moeda, Praga é excelente para compras de um modo geral, hpa bons preços, qualidade, souvenirs, muita coisa boa e bonita.
www.flickr.com

No país 60% dos habitantes são Ateus, não Creem em nada, apesar da forte pressão católica de se instalar no país, com grandes monumentos e igrejas , a cultura católica não se firmou no País
Há muitos lugares interessantes para se conhecer em Praga, o ideal é ir preparado para grandes percursos de caminhadas, pois a beleza está por toda parte e em todas as esquinas.

Para os amantes do Futebol, em Praga também se encontra o Estádio de Strahov um dos maiores do mundo, com capacidade para até 220 mil pessoas.

A Língua em Praga é a língua Tcheca, aliás, uma língua muito difícil, do grupo de línguas Eslavas;



 Quando me hospedei em Praga, fiquei em um apartamento alugado em uma das principais praças, a Praça de Venceslau , o custo benefício valeu muito à pena, era um apartamentão,  o nome era Apartments Jizera, e eu fechei um para 7 pessoas , e era muito grande, mas algumas amigas ficaram no Hotel Jalta e adoraram, o Jizera era meio complicado para encontrar a recepção e o Café da manhã era servido em um restaurante, mas, tirando este stress foi muito bom.

http://www.booking.com/hotel/cz/apartments-jizera.pt-br.html?sid=b696c1e245a0310772f6b58496214139;dcid=1;origin=disamb;srhash=3019457442;srpos=2

A rua em que ficamos era muito movimentada, a noite tinha algumas prostitutas próximas a entrada, mas isso é normal em apartamentos no centro, mas tudo era pertinho, outra observação importante em Praga, os restaurantes fecham as 22:00 , no máximo  as 24:00 e fecham mesmo, não tem jeitinho brasileiro, outra informação, alguns restaurantes não servem a mulheres desacompanhadas.



Praga é bastante frio e neva muito também, nos restaurantes há muitas opções de sopas, como as sopas Goulash , bem quentinhas e temperadas descem super bem.



 Outra comida típica em Praga é o Joelho de Porco, eu não comi, mas fotografei o prato de uma amiga, feio não? mas disseram que estava muito gostoso.





Praga permanece praticamente intocada em sua atmosfera melancólica, tão característica da Europa do Leste. Tendo sobrevivido às duas grandes guerras deste século, ainda hoje, anos após a queda do comunismo, celebra uma espécie de renascimento cultural que toma conta da cidade durante o ano inteiro.
Recebeu entre outros apelidos o de "cidade das Cem cúpulas", a "cidade dourada", a "mãe de todas as cidades" e "coração da Europa". Por toda parte, turistas circulam descobrindo a beleza da cidade, representada pela arquitetura gótica, palácios barrocos e edifícios Art Nouveau. Muitos destes reconstruídos em estilo renascentista após terem sido danificados em um incêndio no Século Dezesseis. Desde 1992, o centro histórico de Praga faz parte da lista do património mundial da UNESCO.



O que não pode deixar de conhecer em Praga :
 

Josefov

Bairro judeu a cinco minutos a pé da Praça Central, reúne seis das mais antigas sinagogas da Europa, como a Staronová de 1270, e o cemitério construído em 1470, com 12 mil lápides. O bairro foi refomado na virada do século, por exigência do governo, que via nos edifícios antigos uma ameaça à saúde pública. Hoje, a arquitetura em estilo "art noveau" domina a paisagem.

Castelo de Praga

Sede do governo e residência do presidente desde 1918, o castelo começou a ser construído no século 9, mas passou por várias reformas. Não se pode deixar de visitar os jardins e a viela dourada, uma ruazinha estreita ladeada por pequenas casas construídas no século 16 e hoje ocupadas pelo comércio local. A casa de número 22 foi, por um curto período, residência de Kafka.

Antigo Palácio Real

Residência de príncipes e reis da Boêmia entre os séculos 11 e 17 e onde ocorre a cerimônia tradicional da troca da guarda.





 

 

 

 

Praça Central

Staromestke námesti
É o centro vital de Praga, onde têm lugar os principais eventos. É usada como ponto de referência e partida para conhecer o resto da cidade. Ao redor da praça, pequenas galerias com arcadas que
emolduram o local.



 

Ponte Charles

Karluv Most
Essa obra gótica com 520 m de extensão teve sua construção iniciada em 1357, por ordem de Carlos 4º, e hoje é um dos símbolos de Praga, ligando as duas partes da cidade por sobre o rio Vltava. Desde 1950, é proibido o tráfego de veículos sobre a ponte, que se transformou em um calçadão movimentado.

P1080280






Praça Venceslau

Václavské námestí
Apesar do nome, não é exatamente uma praça, mas uma avenida larga, que ficou famosa por ter sido palco de dois dos princípais eventos da história recente do país: o fim da Primavera de Praga e a Revolução de Veludo. A região foi totalmente reconstruída no século 19, quando ganhou a feição atual e seus prédios em estilo "art nouveau", como o Hotel Europa, no número 25.


O Relógio Astronômico  

O leque do tempo em Praga chama-se Relógio Astronômico e está na Cidade Velha. A sua esfera mostra a posição e o movimento dos corpos celestes em relação à capital checa e que espero, hoje sejam favoráveis a todos os nossos desígnios.

Este relógio também mede a hora babilônica e, dizem, é o único no mundo com esta capacidade, essencial para o mundo da magia e alquimia. Para todo aquele que não tenha ido a Praga ou, que tendo ido, não disponha de um guia turístico de curiosidades, contarei que o dia babilônico começa ao amanhecer e também se divide em 24 partes, ainda que, logicamente, implica que uma hora babilônica no Verão seja mais curta que no Inverno.



Stavovské Divadio

Este teatro construído em 1789 em estilo neoclássico foi palco da première da ópera Don Giovanni, de Mozart, conduzida pelo próprio compositor, em outubro de 1787.

 

Praga de Kafka

Kafka viveu grande parte de seus 41 anos em Praga e muitos dos lugares que marcaram sua vida ainda podem ser visitados. O escritor nasceu em uma casa na esquina entre as ruas Maislova e U Radnice, próxima da praça central. No começo deste século, uma casa maior foi construída no lugar, mantendo apenas o portão original. Nela há uma pequena exposição permanente sobre o autor, com fotos, objetos e textos informativos.

Franz Kafka foi um dos maiores escritores de ficção do século XX. Kafka era de origem judaica, nasceu em Praga, Áustria-Hungria, e escrevia em língua alemã

 


 Olha a Coca-cola em Praga, não dá para se enganar não é mesmo?









 Praga é linda e surpreendente em muitos sentidos, reserve no mínimo 1 semana e muita disposição para esta visita, a noite há a opção de Passeio de Bateu no Rio ao som de jazz, chique é pouco, você nem lembra que foi pobre um dia estando lá kkkkkkkkkkkk

As opções de Passeio noturno incluem o jantar, aliás, muito bom também

O Valor fica entre 30 e 40 euros por pessoa, dependendo da opção de Jantar, outra coisa muito interessante foi a passagem do Bateau em um elevador de água, nós não conhecíamos e achamos muito legal.




















Enfim, Praga é um Must!

Um bom lugar para voltar. Na foto várias escritoras que estavam nesta turnê saindo de Praga e indo de Trem para Viena, uma loucura de Viagem!  Em destaque na Foto a Escritora Flávia Assaife, aliás, muitas fotos desta viagem são do album da Flávia.

















De modo Geral não achei Praga uma cidade cara, aliás, achei uma das mais baratas da Europa, tanto na alimentação, quanto na Hospedagem. Volto em breve!
Share on Google Plus

0 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br