Conhecendo Interlaken - Suiça - Um dos lugares mais lindos do mundo!

Quando ouvi falar pela primeira vez de Interlaken , foi em 2010, quando uma amiga que é conselheira da Literarte a Iris Berlinck, uma expert em Viagens que já conhece o mundo praticamente todo, me disse que eu não poderia ir a Suiça e não conhecer Interlaken, pois era o lugar mais lindo do mundo. Foi exatamente com esta expectativa que chegamos a Suíça doidos para conhecer Interlaken, estavamos com dois amigos super bacanas e a viagem prometia ser legal.

Nesta foto, 1 dia antes de embarcarmos para Interlaken com nossa mentora de viagens Iris Berlinck e sua irmã Isis Berlinck Renault , viajadasssssssssss!



Fizemos um trajeto meio doido, pois na véspera estávamos em Berna que é a melhor cidade de saída de trem para Interlaken e no entando decidimos conhecer  em uma viagem nada tradicional, e fizemos o pior caminho por Basel, mas fica a dica, quando forem enfrentar esta viagem o ideal é sair de Berna.

A Plaquinha nos mostrava que estávamos no caminho certo, mas, fizemos o oposto rsrs falta de um blog nos dando esta dica.



A melhor maneira de circular pela Suíça é de trem. O país é muito bem servido pelo transporte ferroviário. Aliás, é uma das maiores tradições Suíças: o transporte público é sempre pontual e eficiente. Quando cheguei, achei engraçado que os horários são todos picados: ou seja, ao invés de marcar que o trem sai as 19h10, eles indicam que sai as 19h07. E quer saber? As 19h07 o trem está saindo.
A moeda utilizada em Interlaken e em toda Suíça são os Francos Suíços, que valem um pouco menos que o Euro, mas não se enganem a Suíça é um dos lugares mais caros do mundo.


Para planejar a sua viagem, é só acessar o site da SBB CFF FFS - Swiss Federal Railways. Nele, você indica o local de partida e o destino desejado, bem como a data e o horário estimados, e o site fornece todas as opções de trens nos horários próximos ao informado. Na consulta abaixo, por exemplo, informamos que gostaríamos de partir do Aeroporto de Zurich (Zurich Flughafen) e chegar em Berna, por volta das 19h10. O timetable fornece os horários de partida e chegada, bem como a duração, tipo de trem e tarifa. 


Em Interlaken, existem duas plataformas principais para desembarque: Interlaken Ost (Leste) e Interlaken West (Oeste). É importante verificar de qual das estações sua hospedagem está mais próxima, embora a distância entre uma e outra não seja tão grande.

Chegamos na cidade bem tarde, por volta de meia noite, e pegamos um táxi para o Hotel que estava na estação, mas, foi até engraçado, pois o Hotel estava há poucos metros da estação, mas, o motorista foi muito simpático e gentil ao contrário dos taxistas de Zurich, pois pegamos um táxi para um trajeto curto e um motorista se pudesse batia na gente. 
 Um frio muito intenso, fomos na última semana  março e pegamos temperaturas muito baixas, então andar no tempo naquele frio, nem pensar, enfim, logo tivemos um stress, aliás, um dos únicos em todas as minhas mais de 100 hospedagens pelo Booking.com

Chegamos e o Hotel nos informou que estava em obra e não teria como nos acomodar... Hein?? Como assim? A menina falava um pouco de inglês, pois o idioma por lá é o alemão, então juntou o meu pouco quebra-galho com o dela e custamos para entender que ela já tinha reservado pra nós em outro hotel que ficava logo ao lado. 

Nossa primeira reserva era no Hotel Beauside


O outro que nos jogaram era visivelmente inferior, e nos cobraram o mesmo valor, ficamos PPPPP da vida, mas, já estávamos la e já passava das 2 da manhã não víamos nada a nossa volta, então, era ficar ou ficar.
Não lembro o nome do segundo Hotel, mas era ao lado do primeiro e tinha uma vaca na frente. 



Quando acordei dei de cara com a vista mais linda que já havia visto na vida! Nada comparado a nada! Simplesmente divina! O hotel já nem fazia diferença.


Interlaken é uma cidade com cara de interior, caracterizada por uma estreita faixa de terra entre os lagos Thun e Brienz. O nome da cidade, Interlaken (entre lagos) vem justamente dessa particularidade. Quando cheguei na cidade, fiquei absolutamente encantada com a cor das águas, formada pelas neves dos Alpes derretidas. O verde das águas é absolutamente impressionante, fica ao pé das montanhas Jungfrau, Mönch e Eiger. Embora a cidade receba muitos visitantes durante o inverno, a geografia e belezas naturais do local permitem a realização de vários tipos de passeios e atividades, tais como esquiar, balonismo, para-pente, salto de paraquedas, vela, paraglider, trekking, montanhismo, alpinismo, passeios de trem, passeios de Helicóptero e passeios a cavalo (ufa)...

Interlaken também tem ótimas opções de restaurantes, não só especializados em pratos tipicamente suíços tais como Fondue e Batata Rösti, mas, também, restaurantes Italianos, Franceses e de comida Oriental, ah , e tem um shopping #euadoro #eumeamarro

Fomos até a estação para subir para a Jungfrau de trem, foi um dos passeios mais lindos de nossas vidas.



Tomamos o primeiro trem na estação Interlaken Ost, queríamos aproveitar bem o dia, de lá seguimos até a estação de Grindenwald aonde trocamos de trem pela primeira vez e em seguida fomos até a estação de Kleine Scheidegg aonde tomamos o trem funicular (um tipo de trem que utiliza um sistema de cabos de aço e engrenagens para poder subir seguramente quando em altitude). 
Logo na primeira estação paramos para tomar um chocolate quente, foi um momento muito especial de onde víamos do alto muita neve, e toda a cidade lá em baixo, muita gente com equipamento de esqui já descia do trem descendo a montanha, era o maior barato, muito longe de tudo o que já tínhamos visto. 


Estávamos com um casal de amigos que fizeram a viagem ainda mais divertida e especial , a Escritora e Jornalista Dyandreia Portugal do Jornal Sem Fronteiras e seu marido o empresário Fábio Portugal



Um Cearense tocando a Neve é sempre um motivo para registrar pra sempre.


Olha o São Bernardo com barril de Rum e tudo

Nesta foto estilo Skavuska, porquê o mundo é dos NERDS



A Jungfrau é o Pico mais alto da Europa.


Dentro da montanha há várias passagens de Gelo e esculturas muito bacanas. Indescritível! 

Olha o Túnel de Gelo.





Passei mal com a altitude, depois voltei ao normal




Nesta Montanha fiz um vídeo engraçado, imitando a Luiza Marilac e o Fábio, nosso amigo, foi o responsável pela Mega Bolada de neve que levei na cara.





O Caminho é um espetáculo, casinhas, telhados cobertos de neve, tudo muito lindo.


O Passeio não é barato, se não me esqueço custava em torno de 500 reais por pessoa, mas no site http://www.jungfrau.ch/ dá para ter uma noção de valores na época e se há alguma promoção. 

Em Interlaken há muitos restaurantes charmosos e o tempero por lá é bem feitinho vale à pena, tomar um bom vinho e comer um Fondue, mas se você não esquia 2 ou 3 dias são suficientes para conhecer o lugar, tirar lindas fotos e ficar pra sempre com vontade de voltar. 
Quem sabe ano que vem, com o Vamos que vamos por aí? 








Share on Google Plus

0 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br