Umas palavras...

A FELICIDADE É UMA ENERGIA INTERIOR, QUE VOCÊ DEVE OUVIR. ELA É INDIVIDUAL, AS VEZES É SUBVERSIVA, MAS SÓ EM PENSAR QUE A FELICIDADE AS VEZES É FAZER EXATAMENTE O CONTRARIO DO QUE AS PESSOAS ESPERAM QUE VOCÊ FAÇA, JÁ IMPLICA EM SER CORAJOSO, E MUITOS PREFEREM NÃO MOSTRAR CORAGEM, POIS É MAIS CÔMODO E MENOS AGRESSIVO. A FELICIDADE É COMO A CRIATIVIDADE, UMA ENERGIA INDIVIDUAL, CADA UM TEM A SUA E A COLOCA EM MOVIMENTO COMO PODE. TODO MUNDO SABE ESCREVER, TODO MUNDO SABE FOTOGRAFAR, TODO MUNDO SABE RIMAR, MAS A CAPACIDADE DE EXTRAIR ISSO DO SEU CORAÇÃO, É ÚNICA. O ESCRITOR USA 26 LETRAS DO ALFABETO, O MUSICO USA 7 NOTAS, MAS , DEPENDENDO DO TALENTO DE CADA UM, ESTAS LETRAS E NOTAS, SE TORNAM FENÔMENOS. A CAPACIDADE DE OUSAR É MESMO O GRANDE DIFERENCIAL DO TALENTO DE CADA UM, DESCOBRIR QUE A ARTE É SEU OXIGÊNIO, É O SEGREDO.

0 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br

A Origem da Família Valadares ou Valladares no Brasil

Caros leitores, primos, tios, amigos, parentes distantes, depois de uma pesquisa profunda e da forcinha de uma grande historiadora de mais de 80 anos, consegui chegar a origem de nossa família e descobri que meu sobrenome é uma fraude kkkkkkkkkkkk, não existem Valladares com 2 LL, isso é um erro passado de pai para filhos, oriundo de cartórios, no meu caso, eu já sabia, pois, minha mãe é com 1 L, meus primos e tios idem, e meu pai quis nos registrar com 2 LL , no meu caso, eu e minha irmã, que automaticamente, passamos aos nossos filhos os nomes com 2 LL, e muitos que vieram morar na Região dos Lagos, vieram de descendência mineira, já com a mesma alteração equivocada, mas na verdade, o sobrenome verdadeiro é com 1 L só.
Uma coisa que vale ser citada, e isso pode ser passado através do DNA, ou pode ser mesmo uma coincidência é que os Valadares têm grande aptidão a vocação política, muitos chegam a altos cargos administrativos em suas cidades, então, quem está pensando em seguir este caminho, fica a dica! E o próprio nome significa... Governante! Interessante não?
Estive em Pitangui, e a responsável pelo Instituto Histórico Adelana Maria,  me concedeu uma entrevista e me passou todas essas informações, uma historiadora muito lúcida de 90 anos que até hoje é a responsável por estes papéis tão importantes em nossa história, mas, depois desse post e com tantos comentários, chegou uma nova informação sobre a Família, então ao final vou colocar a observação do Tiago Morais, como não sou historiadora, repasso as duas informações e não sei em qual delas acreditar, de certo, a certidão do Valadares de Pitangui eu vi em mãos, mas, com o nome José Fernandes.

Entrevista no Vamos que vamos por aí!

https://www.youtube.com/watch?v=zCWbuLcFLdY


Mas vamos ao que interessa: Há no Brasil, 3 ramificações da família Valadares, e todas as 3 de origem portuguesa, mas, na verdade, o sobrenome nunca existiu, acontece que estas 3 famílias vieram de uma vila que ficava próxima ao Rio Minho, chamada Vila de Valadares.
O primeiro registro de um Valadares no Brasil, vem exatamente da cidade que visitei há pouco tempo em Minas Gerais, 7ª Vila do Ouro no Brasil, a Cidade de Pitangui.
Há um caso isolado de um cidadão Valadares de origem de Goa, residente em Campinas.
O tronco principal da Família Valadares, vem do capitão de Ordenanças José Fernandes, que era contratador, como o Filho  João Agostinho Fernandes, trabalhavam para a côrte portuguesa, o Contratador José Fernandes, foi o marido apaixonado da escrava Chica da Silva, a primeira Negra a ser assumida por um homem branco, em união estável no Brasil, o casal teve 13 filhos.
Acontece que temendo o comparativo homônimo de nomes com muitos outros Fernandes da época , o Contratador José  Fernandes passou a se auto-denominar   José Fernandes de Valadares ( Vila onde Nascera) e assim passou a usar o nome da Vila onde nascera, que gerou esta família gigante. Deste cidadão ilustre, (João Agostinho), nasceu o filho que tornou-se capitão e fora batizado já com o sobrenome Joaquim Cordeiro Valadares, este, casou-se com uma das filhas de uma das mulheres mais temidas da região do Ouro, Joaquina do Pompéu ( 1750- 1824)  a Sinha Braba, que constava entre as senhoras mais ricas de todas as Vilas do Ouro no Brasil, a grande latifundiária, Joaquina Bernarda da Silva Abreu Castelo Branco Souto Maior de Oliveira Campos e seus descendentes assumiram a Política local da então província de Minas Gerais, a partir do século XIX.


Na página 8 do inventário de Joaquina de Pompéu consta o registro dos Valadares como herdeiros.

http://www.siaapm.cultura.mg.gov.br/acervo/fundos_colecoes/FJBP/INVENTARIO_DA_COLECAO_%20FAMILIA_JOAQUINA_BERNARDA_DO_POMPEU.pdf




Quando morreu deixou em seu testamento "11 fazendas, 40 mil cabeças de gado, centenas de escravos, baixelas de prata, bandejas, barras de ouro e outros tesouros". 3 Além de uma imensa área territorial de 48.400km2 que hoje abrange as cidades de AbaetéDores do Indaiá,Bom Despacho,Pitangui,Pompéu,Pequi,Papagaios,Maravilhas e Martinho Campos. As áreas somadas eram maiores do que a BélgicaSuíçaHolandaDinamarca e El Salvador. Sua fortuna hoje seria de aproximadamente 2 bilhões de reais. 

Mas, voltando a grande família Valadares, desta grande casa, saíram inúmeros vereadores, prefeitos e líderes políticos.

Desta estirpe saíram inúmeros Vereadores, Prefeitos e chefes políticos, notadamente da região de Pitangui, dois deles, por terem agido nacionalmente são os mais conhecidos. O primeiro deles é Benedito Cordeiro de Campos Valadares, jurista, que foi até deputado federal. Mas quem deu renome a família foi seu sobrinho Benedito Valadares Ribeiro (1892-1973),professor , advogado e político habilidosíssimo, que ocupou quase todos os cargos na administração pública. Famoso Governador que deu nome a Cidade Valedólares - Governador Valedólares, ops, Valadares.

Em 12 de dezembro, Getúlio explica no "Diário", a escolha de Benedito Valadares:
Cquote1.svgPorque escolhi o sr. Benedito Valadares? Porque todos tinham candidato e queriam apenas que eu adotasse as preferências alheias. Só eu não podia ter candidato, e pensei que deveria tê-lo. Escolhi esse rapaz tranquilo e modesto, que me procurou antes, sem nunca pensar que seu nome pudesse ser apontado como interventor.Cquote2.svg
Getúlio Vargas
A escolha do então pouco conhecido deputado federal Benedito Valadares para o governo de Minas Gerais surpreendeu a todos. Com a notícia, a população começou a se questionar, surgindo, então, a famosa frase:
Cquote1.svgSerá o Benedito?Cquote2.svg

A segunda é de Pernambuco, mais precisamente de S. José do Egito. Ela começou com o comerciante e fazendeiro Inácio Mariano Valadares (1896-1966), respeitado chefe regional e que também transferiu o seu carisma eleitoral para a sua família, elegendo-os para Prefeitos e Deputados.

A última delas, de origem cristã-nova, dirige politicamente uma pequena cidade do interior de Sergipe, Simão Dias. O seu patriarca foi o industrial Pedro Almeida Valadares (1911-1965), que foi Prefeito da cidade e deu inicio na dinastia. O seu filho, Antonio Carlos Valadares, atual Senador por Sergipe, já foi Prefeito, Deputado Estadual e Federal e Governador do Estado. Os outros filhos, a esposa e um neto de Pedrinho Valadares também exerceram cargos eletivos.

Seguindo os importantes políticos Valadares, chego a Região dos Lagos, a maior parte da Região de Araruama , São Vicente, e adjacências foi dominada pelos Valadares, entre o final do século 19 e inicio do Século 20, é deste tronco familiar que sou diretamente ligada, assim como 90% dos Valadares que conheço, como o ex- prefeito Henrique Valadares, o Pastor Fabrício Valladares, que lindamente fez o casamento de minha filha Izadora Valladares, nesta ramificação, começam os erros de grafia e uma parte da família é com LL e uma parte com 1 L só e seguindo o preceito de Grandes Políticos, temos o Prefeito 
Atual de Pitangui  Marcílio Valadares,


O Ex-prefeito de Araruama , que foi muito querido Henrique Valadares

 o Ex -prefeito de Araruama que dá nome há rua e estabelecimentos em Araruama, Afrânio Valadares, 
este , diretamente ligado ao meu avô Oscar Fernandes Valadares, que era pai de minha mãe, Primo do Afrânio e pelo Sobrenome Fernandes Valadares, ligadíssimo a Chica da Silva, desta mistura toda, veio o então Fundador do MAB- Museu de artes da Bahia, José Valladares, meu Tio avô o ex-prefeito do Distrito Federal, este já ramificado dos Valadares que foram para o Nordeste, outro Henrique Valadares


MAÇOM - HENRIQUE VALADARES
.
Henrique Valadares, codinominado de "O Cayrú", é o patrono da Loja Cayrú. Foi um eminente cidadão e um dos maiores Maçons que o Brasil já teve. Deixou uma folha admirável de serviços prestados à Pátria e à Ordem.
Nasceu em 15 de março de 1852, no Piauí. Matriculou-se na Escola Militar, onde fez um curso brilhantíssimo, conquistando o título de Engenheiro Militar. Obteve depois o lugar de professor da referida Escola e nesse cargo revelou sempre superior cultura e era, por todos, respeitado.
Esteve no primeiro plano da campanha abolicionista e lutou pela implantação da República. Foi discípulo estimado de Benjamin Constant.
Acompanhou e fortaleceu a ação de Floriano Peixoto (maçom), na consolidação do novo regime. Foi Prefeito do então Distrito Federal, e, depois, Deputado Federal pelo seu Estado.





E a não menos importante, famosíssima, internacional, estrela, apresentadora do Programa Vamos que Vamos por aí, Best seller que humildemente vos fala ... Izabelle Valladares kkkkkkkkkkkk, quem sabe, futura Prefeita de Cabo Frio? Brincadeiras á parte, adorei saber um pouco mais de minha família, pois só sabia a origem da banda do meu pai, libanesa, fugida de guerra etc e tal, mas com esta corzinha querer provar a origem Libanesa é complicado, agora que achei Chica da Silva em alguma folhinha de minha árvore, já me dou por satisfeita, e saber que a Sinhá Braba, era minha tatatatatatatatarararararararararatavó alguma coisa, me deixou feliz também. 


Aproveitando o tópico gostaria de receber informações sobre o Licenciado Jorge de Valadares, médico cristão-novo, que chegou ao Brasil no final do século XVI. Ele é considerado o primeiro médico brasileiro.

Espero que este tópico auxilie a família de alguma forma e que possamos pensar quem sabe em um futuro melhor com um Valadares na Presidência, já que temos tantos Valadares que chegaram ao poder, pelo menos alegria e amizade acredito que fariam do Brasil um país melhor. 

Que tal estes respeitáveis Valadares na presidência???




Todos os brasões da Família Valadares, possuem dois leões, por isso, quando fundei minha primeira editora usei o símbolo familiar e o nome Valladares Books  espero que esta postagem, aproxime ainda mais a família e automaticamente possamos descobrir ainda mais fatos de nossas origens.



Vamos que vamos né?

Novas Informações não ignoradas do Tiago Moraes ... e agora? Achei ele bem seguro no que fala também.


Olá, olha só, você fez uma tremenda confusão histórica. Não há qualquer relação entre os Valadares de Minas Gerais e Chica da Silva. Você confundiu o marido de Chica, o contratante JOÃO Fernandes de Oliveira com o capitão de ordenanças JOSÉ Fernandes Alves de Valadares. O patriarca dos Valadares de Minas é José Fernandes Alves de Valadares, que veio ao Brasil com o seu filho único Agostinho Fernandes Valadares e por fim, de seu neto, Joaquim Cordeiro Fernandes Valadares. É deste último que toda a elite da família descende. Ele casou-se com uma das filhas de Joaquina do Pompeu e gerou vários descendentes. Não haveria como João Fernandes de Oliveira (marido de Chica da Silva) ter adotado o sobrenome Valadares. Primeiro porque ele era brasileiro, nascido em Mariana-MG no ano de 1720. Segundo porque o pai dele e o avô, que vieram para o Brasil de Portugal, são naturais da capital mesmo, de Lisboa. E foi lá que ele morreu. Além disso, todos os filhos homens de João Fernandes e Chica da Silva foram levados para Portugal em 1770. Lá eles estudaram, se formaram e receberam títulos de nobreza e cargos administrativos junto a coroa. Só ficaram no Brasil as filhas mulheres. Logo, se ele fosse Valadares, o sobrenome da família no Brasil teria linhagem matriarcal (das filhas de Chica) e desapareceria em uma ou duas gerações, no máximo.

76 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br

Lançamento do Livro " Mamãe o que é Preconceito?


0 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br