A Origem da Família Valadares ou Valladares no Brasil

Caros leitores, primos, tios, amigos, parentes distantes, depois de uma pesquisa profunda e da forcinha de uma grande historiadora de mais de 80 anos, consegui chegar a origem de nossa família e descobri que meu sobrenome é uma fraude kkkkkkkkkkkk, não existem Valladares com 2 LL, isso é um erro passado de pai para filhos, oriundo de cartórios, no meu caso, eu já sabia, pois, minha mãe é com 1 L, meus primos e tios idem, e meu pai quis nos registrar com 2 LL , no meu caso, eu e minha irmã, que automaticamente, passamos aos nossos filhos os nomes com 2 LL, e muitos que vieram morar na Região dos Lagos, vieram de descendência mineira, já com a mesma alteração equivocada, mas na verdade, o sobrenome verdadeiro é com 1 L só.
Uma coisa que vale ser citada, e isso pode ser passado através do DNA, ou pode ser mesmo uma coincidência é que os Valadares têm grande aptidão a vocação política, muitos chegam a altos cargos administrativos em suas cidades, então, quem está pensando em seguir este caminho, fica a dica! E o próprio nome significa... Governante! Interessante não?
Estive em Pitangui, e a responsável pelo Instituto Histórico Adelana Maria,  me concedeu uma entrevista e me passou todas essas informações, uma historiadora muito lúcida de 90 anos que até hoje é a responsável por estes papéis tão importantes em nossa história, mas, depois desse post e com tantos comentários, chegou uma nova informação sobre a Família, então ao final vou colocar a observação do Tiago Morais, como não sou historiadora, repasso as duas informações e não sei em qual delas acreditar, de certo, a certidão do Valadares de Pitangui eu vi em mãos, mas, com o nome José Fernandes.

Entrevista no Vamos que vamos por aí!

https://www.youtube.com/watch?v=zCWbuLcFLdY


Mas vamos ao que interessa: Há no Brasil, 3 ramificações da família Valadares, e todas as 3 de origem portuguesa, mas, na verdade, o sobrenome nunca existiu, acontece que estas 3 famílias vieram de uma vila que ficava próxima ao Rio Minho, chamada Vila de Valadares.
O primeiro registro de um Valadares no Brasil, vem exatamente da cidade que visitei há pouco tempo em Minas Gerais, 7ª Vila do Ouro no Brasil, a Cidade de Pitangui.
Há um caso isolado de um cidadão Valadares de origem de Goa, residente em Campinas.
O tronco principal da Família Valadares, vem do capitão de Ordenanças José Fernandes, que era contratador, como o Filho  João Agostinho Fernandes, trabalhavam para a côrte portuguesa, o Contratador José Fernandes, foi o marido apaixonado da escrava Chica da Silva, a primeira Negra a ser assumida por um homem branco, em união estável no Brasil, o casal teve 13 filhos.
Acontece que temendo o comparativo homônimo de nomes com muitos outros Fernandes da época , o Contratador José  Fernandes passou a se auto-denominar   José Fernandes de Valadares ( Vila onde Nascera) e assim passou a usar o nome da Vila onde nascera, que gerou esta família gigante. Deste cidadão ilustre, (João Agostinho), nasceu o filho que tornou-se capitão e fora batizado já com o sobrenome Joaquim Cordeiro Valadares, este, casou-se com uma das filhas de uma das mulheres mais temidas da região do Ouro, Joaquina do Pompéu ( 1750- 1824)  a Sinha Braba, que constava entre as senhoras mais ricas de todas as Vilas do Ouro no Brasil, a grande latifundiária, Joaquina Bernarda da Silva Abreu Castelo Branco Souto Maior de Oliveira Campos e seus descendentes assumiram a Política local da então província de Minas Gerais, a partir do século XIX.


Na página 8 do inventário de Joaquina de Pompéu consta o registro dos Valadares como herdeiros.

http://www.siaapm.cultura.mg.gov.br/acervo/fundos_colecoes/FJBP/INVENTARIO_DA_COLECAO_%20FAMILIA_JOAQUINA_BERNARDA_DO_POMPEU.pdf




Quando morreu deixou em seu testamento "11 fazendas, 40 mil cabeças de gado, centenas de escravos, baixelas de prata, bandejas, barras de ouro e outros tesouros". 3 Além de uma imensa área territorial de 48.400km2 que hoje abrange as cidades de AbaetéDores do Indaiá,Bom Despacho,Pitangui,Pompéu,Pequi,Papagaios,Maravilhas e Martinho Campos. As áreas somadas eram maiores do que a BélgicaSuíçaHolandaDinamarca e El Salvador. Sua fortuna hoje seria de aproximadamente 2 bilhões de reais. 

Mas, voltando a grande família Valadares, desta grande casa, saíram inúmeros vereadores, prefeitos e líderes políticos.

Desta estirpe saíram inúmeros Vereadores, Prefeitos e chefes políticos, notadamente da região de Pitangui, dois deles, por terem agido nacionalmente são os mais conhecidos. O primeiro deles é Benedito Cordeiro de Campos Valadares, jurista, que foi até deputado federal. Mas quem deu renome a família foi seu sobrinho Benedito Valadares Ribeiro (1892-1973),professor , advogado e político habilidosíssimo, que ocupou quase todos os cargos na administração pública. Famoso Governador que deu nome a Cidade Valedólares - Governador Valedólares, ops, Valadares.

Em 12 de dezembro, Getúlio explica no "Diário", a escolha de Benedito Valadares:
Cquote1.svgPorque escolhi o sr. Benedito Valadares? Porque todos tinham candidato e queriam apenas que eu adotasse as preferências alheias. Só eu não podia ter candidato, e pensei que deveria tê-lo. Escolhi esse rapaz tranquilo e modesto, que me procurou antes, sem nunca pensar que seu nome pudesse ser apontado como interventor.Cquote2.svg
Getúlio Vargas
A escolha do então pouco conhecido deputado federal Benedito Valadares para o governo de Minas Gerais surpreendeu a todos. Com a notícia, a população começou a se questionar, surgindo, então, a famosa frase:
Cquote1.svgSerá o Benedito?Cquote2.svg

A segunda é de Pernambuco, mais precisamente de S. José do Egito. Ela começou com o comerciante e fazendeiro Inácio Mariano Valadares (1896-1966), respeitado chefe regional e que também transferiu o seu carisma eleitoral para a sua família, elegendo-os para Prefeitos e Deputados.

A última delas, de origem cristã-nova, dirige politicamente uma pequena cidade do interior de Sergipe, Simão Dias. O seu patriarca foi o industrial Pedro Almeida Valadares (1911-1965), que foi Prefeito da cidade e deu inicio na dinastia. O seu filho, Antonio Carlos Valadares, atual Senador por Sergipe, já foi Prefeito, Deputado Estadual e Federal e Governador do Estado. Os outros filhos, a esposa e um neto de Pedrinho Valadares também exerceram cargos eletivos.

Seguindo os importantes políticos Valadares, chego a Região dos Lagos, a maior parte da Região de Araruama , São Vicente, e adjacências foi dominada pelos Valadares, entre o final do século 19 e inicio do Século 20, é deste tronco familiar que sou diretamente ligada, assim como 90% dos Valadares que conheço, como o ex- prefeito Henrique Valadares, o Pastor Fabrício Valladares, que lindamente fez o casamento de minha filha Izadora Valladares, nesta ramificação, começam os erros de grafia e uma parte da família é com LL e uma parte com 1 L só e seguindo o preceito de Grandes Políticos, temos o Prefeito 
Atual de Pitangui  Marcílio Valadares,


O Ex-prefeito de Araruama , que foi muito querido Henrique Valadares

 o Ex -prefeito de Araruama que dá nome há rua e estabelecimentos em Araruama, Afrânio Valadares, 
este , diretamente ligado ao meu avô Oscar Fernandes Valadares, que era pai de minha mãe, Primo do Afrânio e pelo Sobrenome Fernandes Valadares, ligadíssimo a Chica da Silva, desta mistura toda, veio o então Fundador do MAB- Museu de artes da Bahia, José Valladares, meu Tio avô o ex-prefeito do Distrito Federal, este já ramificado dos Valadares que foram para o Nordeste, outro Henrique Valadares


MAÇOM - HENRIQUE VALADARES
.
Henrique Valadares, codinominado de "O Cayrú", é o patrono da Loja Cayrú. Foi um eminente cidadão e um dos maiores Maçons que o Brasil já teve. Deixou uma folha admirável de serviços prestados à Pátria e à Ordem.
Nasceu em 15 de março de 1852, no Piauí. Matriculou-se na Escola Militar, onde fez um curso brilhantíssimo, conquistando o título de Engenheiro Militar. Obteve depois o lugar de professor da referida Escola e nesse cargo revelou sempre superior cultura e era, por todos, respeitado.
Esteve no primeiro plano da campanha abolicionista e lutou pela implantação da República. Foi discípulo estimado de Benjamin Constant.
Acompanhou e fortaleceu a ação de Floriano Peixoto (maçom), na consolidação do novo regime. Foi Prefeito do então Distrito Federal, e, depois, Deputado Federal pelo seu Estado.





E a não menos importante, famosíssima, internacional, estrela, apresentadora do Programa Vamos que Vamos por aí, Best seller que humildemente vos fala ... Izabelle Valladares kkkkkkkkkkkk, quem sabe, futura Prefeita de Cabo Frio? Brincadeiras á parte, adorei saber um pouco mais de minha família, pois só sabia a origem da banda do meu pai, libanesa, fugida de guerra etc e tal, mas com esta corzinha querer provar a origem Libanesa é complicado, agora que achei Chica da Silva em alguma folhinha de minha árvore, já me dou por satisfeita, e saber que a Sinhá Braba, era minha tatatatatatatatarararararararararatavó alguma coisa, me deixou feliz também. 


Aproveitando o tópico gostaria de receber informações sobre o Licenciado Jorge de Valadares, médico cristão-novo, que chegou ao Brasil no final do século XVI. Ele é considerado o primeiro médico brasileiro.

Espero que este tópico auxilie a família de alguma forma e que possamos pensar quem sabe em um futuro melhor com um Valadares na Presidência, já que temos tantos Valadares que chegaram ao poder, pelo menos alegria e amizade acredito que fariam do Brasil um país melhor. 

Que tal estes respeitáveis Valadares na presidência???




Todos os brasões da Família Valadares, possuem dois leões, por isso, quando fundei minha primeira editora usei o símbolo familiar e o nome Valladares Books  espero que esta postagem, aproxime ainda mais a família e automaticamente possamos descobrir ainda mais fatos de nossas origens.



Vamos que vamos né?

Novas Informações não ignoradas do Tiago Moraes ... e agora? Achei ele bem seguro no que fala também.


Olá, olha só, você fez uma tremenda confusão histórica. Não há qualquer relação entre os Valadares de Minas Gerais e Chica da Silva. Você confundiu o marido de Chica, o contratante JOÃO Fernandes de Oliveira com o capitão de ordenanças JOSÉ Fernandes Alves de Valadares. O patriarca dos Valadares de Minas é José Fernandes Alves de Valadares, que veio ao Brasil com o seu filho único Agostinho Fernandes Valadares e por fim, de seu neto, Joaquim Cordeiro Fernandes Valadares. É deste último que toda a elite da família descende. Ele casou-se com uma das filhas de Joaquina do Pompeu e gerou vários descendentes. Não haveria como João Fernandes de Oliveira (marido de Chica da Silva) ter adotado o sobrenome Valadares. Primeiro porque ele era brasileiro, nascido em Mariana-MG no ano de 1720. Segundo porque o pai dele e o avô, que vieram para o Brasil de Portugal, são naturais da capital mesmo, de Lisboa. E foi lá que ele morreu. Além disso, todos os filhos homens de João Fernandes e Chica da Silva foram levados para Portugal em 1770. Lá eles estudaram, se formaram e receberam títulos de nobreza e cargos administrativos junto a coroa. Só ficaram no Brasil as filhas mulheres. Logo, se ele fosse Valadares, o sobrenome da família no Brasil teria linhagem matriarcal (das filhas de Chica) e desapareceria em uma ou duas gerações, no máximo.

Share on Google Plus

77 comentários:

  1. Meu Deus!!!! Quem diria que sua inocente vinda à Pitangui ainda te mostraria raízes aqui hein, moça? A-DO-REI saber que vc tem um pezinho aqui! :-)
    Beijossss

    ResponderExcluir
  2. Na cidade de Paranaguá-PR havia a família Valadares que era escravocrata e após o ouro ficar escasso na região e enfraquecer os seus negócios, logo, se mudaram para a Minas Gerais, no século XVlll, por volta de 1733. Provavelmente há alguma conexão entre ambas famílias.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aqui a minha família Valadares e grande os primeiros abitantes. ARINOS MG

      Excluir
  3. Achei interessante meu avô e Valadares “ João Valadares da Costa” não sabemos muito a resisto dele pois faleceu muito cedo, nunca soubemos quem era seus irmãos , tios , primos , sobrinhos ou qualquer pessoa com grau de parentesco a única coisa que soubemos que ele veio do Goiás para o Pará em busca de melhoria na época em que aqui ainda estava sendo desbravado foi uns dos primeiros moradores da cidade onde meus parentes moram Itupiranga

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pelas pesquisas muito bom saber um pouco da nossa história.

    Diego valladares

    Porto Alegre - RS

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelas pesquisas, muito bom saber um pouco da nossa história.

    Diego Valladares

    Porto Alegre - RS

    ResponderExcluir
  6. Parabéns.. Bacana mesmo entender nossas origens. Eu sou Valadares nascida em Pitangui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu avô também é Valadares, nascido em Pitangui. Miguel Valadares Ribeiro Filho, você o conhece? Moramos em Uberlândia/MG. meu contato: anacarolinetavares@hotmail.com

      Excluir
  7. Bacana mesmo conhecer nossa origens Parabéns

    ResponderExcluir
  8. sou nascida em sao gonçalo e uma grande familia valadares

    ResponderExcluir
  9. O que deu o nome ao Solar dos Valadares, foi um sobrenome Israelita.
    Fábio Valadares

    ResponderExcluir
  10. Sua pesquisa é válida para os descendentes de José Fernandes. Os que têm ancestral comum que não vão ao encontro dele, podem ter como "tronco comum" um nativo de Israel e pode ser também alguém da Vila dos Valadares. Os Valadares migraram para Portugal e Espanha, sabe-se Deus quando. "Solar dos Valadares" ou "Vila dos Valadares" teve este nome devido aos Valadares israelitas.

    ResponderExcluir
  11. Olá Fábio, já ouvi falar também de um tronco Israelita, mas não consegui dados históricos sobre essa origem, a que tenho até hoje é a do Contratador João Fernandes, inclusive meu avô se chamava Oscar Fernandes Valadares.

    ResponderExcluir
  12. Juliana florinda dos Santos Nunes

    Eu não recebi o Valadares de meu avô, não ia caber, ele é do Espirito Santo.

    ResponderExcluir
  13. Eu não tive o prazer de receber o Valadares do meu vô, ele era do Espírito Santo e tinha o sobrenome Santos também, Argeu Valadares dos Santos, nasceu em São João de Rates-ES.

    ResponderExcluir
  14. Sou Valadares também. Meu Bisavô era o Marjor Saint Clair Fernandes Valadares...será que é dessa linhagem dos Fernades Valadares? Um abraço. Amaury Valadares

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amaury sou tataraneto do Major Saint Clair Fernandes Valadares. Um prazer te encontrar aqui. Ruhan Valadares Prestes

      Excluir
  15. Legal sua pesquisa. Tem muita informação que eu não conhecia. Porém, o primeiro Valadares a pisar solo brasileiro foi Jorge de Valadares, primeiro médico diplomado a atuar no Brasil, veio integrando a comitiva do governador geral Tomé de Souza, exercendo o cargo de físico-mor em Salvador. Sabe-se muito pouco sobre esse profissional. É segura a informação de que recebia salário de 2.000 réis mensais e mais 40 réis para mantimentos. Assumiu o cargo em 1º de maio de 1549, exercendo-o até 1554. Faleceu três anos mais tarde. Não sei se deixou descendentes. Como a minha família é da Bahia, vou tentar obter mais informações a respeito. Obrigado e abraços, "prima".

    ResponderExcluir
  16. Legal sua pesquisa. Tem muita informação que eu não conhecia. Porém, o primeiro Valadares a pisar solo brasileiro foi Jorge de Valadares, primeiro médico diplomado a atuar no Brasil, veio integrando a comitiva do governador geral Tomé de Souza, exercendo o cargo de físico-mor em Salvador. Sabe-se muito pouco sobre esse profissional. É segura a informação de que recebia salário de 2.000 réis mensais e mais 40 réis para mantimentos. Assumiu o cargo em 1º de maio de 1549, exercendo-o até 1554. Faleceu três anos mais tarde. Não sei se deixou descendentes. Como a minha família é da Bahia, vou tentar obter mais informações a respeito. Obrigado e abraços, "prima".

    ResponderExcluir
  17. Sou uma valadares brasao d tres leoes

    ResponderExcluir
  18. Bom dia Izabelle,
    Muito bacana sua pesquisa. sou piauiense e segundo o escritor Reginaldo Miranda, assim como eu, descendente dos Valadares, há documentos que datam do ano de 1769 relatando a presença dos nossos ancestrais na Colonização do Piauí. Conforme trecho de um artigo do referido escritor.

    "na ribeira do Piauí, na fazenda Palmeira de São Tiago, morava a portuguesa Francisca de Miranda do Rosário, viúva do capitão-mór Domingos de Abreu Valadares (português de nascimento e morto em solo piauiense), com os filhos Gaspar de Abreu Valadares, que fora almotacé, vereador, juiz ordinário e de órfãos da vila da Mocha, depois cidade de Oeiras, José de Abreu Valadares e Francisca de Miranda. A filha Ignácia da Conceição, casara com o português Manuel Alves da Rocha e fora morar na fazenda Craíbas, vale do rio Gurguéia. Segundo uma petição datada de 24 de novembro de 1769, da “viúva que ficou do capitão-mór Domingos de Abreu Valadares(...), tem a trinta anos que (este) é falecido, ficando por seu falecimento de todo exaurido de bens, que todos os gastou no serviço de Sua Majestade, no princípio da povoação desta Capitania ..., Canindé, Itaim e Itaueira, e à sua custa” (AHU – Piauí, Cx. 9, Doc. 22. AHU-ACL-CU-016, Cx. 10, Doc. 628; AHU-Piauí, Cx. 10., Docs, 3 e 19; AHU-ACL-CU-016, Cx. 11, Doc. 655). "

    Francisco Valadares

    ResponderExcluir
  19. tenho um grupo no whatsap - 65-8467-7770 com o objetivo de reunir todos os Valadares e fazer uma festa anual - assim como fazemos com a minha familia MACEDO -
    quem quiser me add.. fique a vontade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi..esse grupo para reuniar a família Valadares ainda existe?

      Excluir
  20. Muito legal saber a origem e a história do nosso sobrenome Valadares sou nascido em governador Valadares meu avô materno tem sobrenome Valadares e minha avó materna tem sobrenome lagares

    Jackson valadares, cosmopolis, sp

    ResponderExcluir
  21. Muito boa a pesquisa, moro em São Paulo, mas meu avô veio de Goiania-GO

    ResponderExcluir
  22. Ótima pesquisa, meu avô veio de Goiânia-GO

    ResponderExcluir
  23. Olá, somos Valadares da região de Serro....Têmis tanto orgulho desse sobrenome,mas não sabia de tantas coisas,mas apartir de agora vou pesquisar, parabéns por nós incentivar.....Eu quero brasão também, kk,ah se quero....

    ResponderExcluir
  24. Meu avô é de Pitangui , hoje mora em centralina/MG . estava contanto a história da família. Muito bom saber as origens

    ResponderExcluir
  25. Sou José Afonso Fonseca Valadares Vasconcelos, de Sete Lagoas - MG, região da propriedade de Dona Joaquina do Pompeu, e fico feliz por ter um passado que se liga ao seu.

    ResponderExcluir
  26. Sou Guilherme Valladares nascido em Niteroi. 43 anos. Avós eram da região dos lagos. Outros parentescos deles da mesma região são os De Carvalho, Moreira, Ferreira e Mendonça. Transportei o sobrenome para NJ nos EUA onde hoje moro e casei me com uma O'Donnell.

    ResponderExcluir
  27. Sou Guilherme Valladares nascido em Niteroi. 43 anos. Avós eram da região dos lagos. Outros parentescos deles da mesma região são os De Carvalho, Moreira, Ferreira e Mendonça. Transportei o sobrenome para NJ nos EUA onde hoje moro e casei me com uma O'Donnell.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Guilherme. Consulte na sua famila. Sou neta de Dercila que tinha uma irmão chamado Guilherme. Ela saiu de Sai Vicente proximo de 1954.

      Excluir
  28. Sou valadares de Joao PinheiroMeu avó José de Campos Valadares,conhecido por Juca cordeiro,deu início à nossa família .Pouco sei dele.Foi o fundador da cidade de Joa pinheiro onde tem uma avenida. Com seu nome.Morreu aos 33 anos matado com nove tiros.Dizem que por motivos políticos ou questão de mulher.Gostaba muito de um rabo de saia..Gostaria de saber mais sobre a família.Ha um livro da Atvore Genealógica da família.Segundo me disseram vai até a geração da minha mãe mortal aos 86 anos nem 1977.

    ResponderExcluir
  29. Eu procurando a história do meu sobrenome em Conto de Uma História incrível dessas obrigado

    ResponderExcluir
  30. Opa muito saber um pouco das origens. Sou Valadares de osasco-sp

    ResponderExcluir
  31. Sou Valadares de um só L. Sou de João Pinheiro.La foi a fazenda de meu avô materno que criou o povoado e o denominou com este nome em homenagem ao,na época,governador João Pinheiro ( pai de Israel Pinheiro a quem Jucelino entregou o comando geral da construção de Brasília) . Pelo livro do Agripa sobre a família Valadares ,somos descendentes de Joaquina de Pompeu. Um dos meus Tetra foi casado com uma filha dela.Nesse livro consta o nome da minha mãe. Estou tentando mais informações sobre a nossa família para um livro que pretendo escrever.Meu avô chamava-se José de Campos Valadares e alcunhado por Juca Cordeiro. Esse é o nome da primeira rua, hoje, avenida, de João Pinheiro.
    Meu e-mail: evc071@gmail.com.Hoje, moro em Goiânia GO.

    ResponderExcluir
  32. Oi ME chamo SIRLEY VALAdares, meu avô era Valadares de Pernambuco. Infelizmente não o conheci, pouco sei sobre sua historia. Gostaria de conhecer um pouco mais.

    ResponderExcluir
  33. Oi ME chamo SIRLEY VALAdares, meu avô era Valadares de Pernambuco. Infelizmente não o conheci, pouco sei sobre sua historia. Gostaria de conhecer um pouco mais.

    ResponderExcluir
  34. Estou surpreso pela coincidência da isto ria do rapaz porque eu sou casado com uma mulher negra e sou bem apaixonad
    o por ela meu nome é alexandre Robson rosa Valadares Parabéns pela a bela história

    ResponderExcluir
  35. Oi meu nome alexandre Valadares moro em Goiânia GO
    Muito prazer

    ResponderExcluir
  36. Primeiramente venho apresentar-me eu sou "Irnac Valadares da Silva", quero agradecer todas as suas informações que encontra-se contidas neste documentário da autora "IZABELLE Valladares". Aproveito para informa-la que meu Avo materno chamava-se "João Henrique Valadares", que residiu e teve seus familiares que moravam na querida cidade de "Governador Valadares", que tivemos a honra de ter como Presidente da Cenibra uma Celulose "Ziza Valadares". Atualmente eu resido na cidade de Coronel Fabriciano Região Metropolitana do Vale do Aço, interior do Estado de Minas Gerais. Criei recentemente por intermédio do WhatsApp um grupo denominado como Clã Valadares Sabagomes, ai retornei a minha incansável pesquisa, novamente encontrei o Brasão e Esquartelado da Família "Valadares", por fim, este documentário bem elaborado com precisas informações pela nossa querida e renomada autora "IZABELLE Valladares", contribuiu por demais nesta minha busca sobre nossa família "Valadares". Agradeço desde já sua colaboração! valadaresirnac@gmail.com 31 9.8983-7475, forte abraço fica com Deus amém.

    ResponderExcluir
  37. Primeiramente venho apresentar-me eu sou "Irnac Valadares da Silva", quero agradecer todas as suas informações que encontra-se contidas neste documentário da autora "IZABELLE Valladares". Aproveito para informa-la que meu Avo materno chamava-se "João Henrique Valadares", que residiu e teve seus familiares que moravam na querida cidade de "Governador Valadares", que tivemos a honra de ter como Presidente da Cenibra uma Celulose "Ziza Valadares".
    Atualmente resido na cidade de Coronel Fabriciano Região Metropolitana do Vale do Aço, interior do Estado de Minas Gerais.
    Criei recentemente por intermédio do WhatsApp um grupo denominado como Clã Valadares Sabagomes, ai retornei a minha incansável pesquisa, novamente encontrei o Brasão e Esquartelado da Família "Valadares", por fim, este documentário bem elaborado com precisas informações pela nossa querida e renomada autora "IZABELLE Valladares", contribuiu por demais nesta minha busca sobre nossa família "Valadares". forte abraço fica com Deus amém.

    Agradeço desde já sua colaboração!

    Att---
    Irnac Valadares da Silva
    valadaresirnac@gmail.com
    31 9.8983-7475

    ResponderExcluir
  38. Olá, moro em Buritis, noroeste de Minas Gerais e cidade vizinha a Arinos, onde foi fundada por o conhecido aqui, Major Saint Clair Valadares, por volta de 1800, quando passaram as tropas comandadas pelo Anhanguera Felisberto Caldeira Brant, saindo de Paracatu e transferindo-se para Diamantina em busca de ouro, fora isso não sei mais nada sobre a descendência de antepassados do Major. Sei que minha descendência vem de Pedro Cordeiro Valadares, descendente de Joaquina do Pompéu. Gostaria de saber mais sobre Pedro Cordeiro Valadares, qual a sua paternidade ou grau de parentesco com Benedito e com o Major Saint Cair.

    Att,
    Gilberto Valadares
    gvprado@hotmail.com

    ResponderExcluir
  39. Boa noite Izabelle Valladares, gostaria de saber mais sobre qual é o grau de parentesco de meu avo João Henrique Valadares, com todos esta ramificação dos Valladares e ou Valadares como disse Vsa neste domcumentário bem embasado. Forte abraço Izabelle Valladares.

    ResponderExcluir
  40. Estudei os Valadares desde a sua origem em Portugal, no meio do século 12. A relação com um sobrenome de origem israelita não tem qualquer fundamento. Houve alguns Valadares a partir do século 17 que foram judeus conversos ou suspeitos de judaísmo mas tratou-se de casos restritos. Em contrapartida, houve outros que colaboraram na Inquisição.

    ResponderExcluir
  41. Estudei com bastante detalhe a família histórica dos Valadares, em Portugal, desde que se fundou, no século 12. A verdade é que não tem qualquer fundamento uma origem israelita. Foi seguramente muito restrito o número de pessoas com este apelido que professaram a fé judaica.

    ResponderExcluir
  42. Estudei os Valadares desde a sua origem em Portugal, no meio do século 12. A relação com um sobrenome de origem israelita não tem qualquer fundamento. Houve alguns Valadares a partir do século 17 que foram judeus conversos ou suspeitos de judaísmo mas tratou-se de casos restritos. Em contrapartida, houve outros que colaboraram na Inquisição.

    ResponderExcluir
  43. Muito bom! Sou dos Valadares de Sergipe e a história está certinha...

    ResponderExcluir
  44. Muito bom! Sou dos Valadares de Sergipe e a história está certinha...

    ResponderExcluir
  45. Muito bom! Sou dos Valadares de Sergipe e a história está certinha...

    ResponderExcluir
  46. Alôoooooooooooooooooooo aqui PORTUGAL rsrs!
    Vivo numa aldeia que sita na Freguesia de S.Mamede de Negrelos, que pertence ao Concelho de Santo Tisto, que pertence ao Distrito do Porto que pertence à capital de LISBOA que, por sua vez é a capital (como diz o nome) de PORTUGAL.
    Todo este blá-blá-blá para dizer que nesta freguesia (S.Mamede de Negrelos) há uma família cujo apelido é Valadares.
    Atenciosamente;
    BaMbY

    ResponderExcluir
  47. A presença de Valadares no Brasil é mais antiga do que se pensa, à parte o Jorge de Valadares, de 1549, que continua a ser primeiro.
    No início do século 17, já estavam em Pernambuco e no Rio de Janeiro.
    Há ainda outras referências, mas não se sabe se ficaram e constituíram família.

    ResponderExcluir
  48. Confirmo que a grafia Valadares ou Valladares é irrelevante. Quer a família histórica dos Valadares (origem medieval) ou as famílias Valadares tardias (formadas depois do século 18), registaram o nome de ambos os modos, conforme as épocas, o ambiental cultural e as convenções ortográficas. Por exemplo, no século 19, era frequente aparecerem as consoantes dobradas, depois caíram em desuso.

    ResponderExcluir
  49. Nossa, muito bacana sua pesquisa Izabelle. Sou da cidade de Governador Valadares/MG a 'Valadólares'... Sempre tive muita curiosidade sobre a história do meu - nosso - sobrenome... Recebi o sobrenome por prate da família da minha avó Jordelina Valadares que é natural e ainda tem parentes em Guanhães/MG... Abraços!!!

    ResponderExcluir
  50. Olá! Sou Roberta Valadares, sou do Paraná mas meu avô era da Bahia. :)

    ResponderExcluir
  51. Sou da Familia de Dercila Velasques Fernandes Valadares. Ela era dw São Vicente de Paula . ARARUAMA .RJ. ELA TINHA UM IRMÃO CHAMADO GUILHEME E SAIU DA CIDADE PROXIMO DE 1954 PARA CUIDAR DOS FILHOS NA CIDADE DE SÃO GONÇALO. ALGUEM SE IDENTIDICA?

    ResponderExcluir
  52. Minha família é da de abate, Pompeu...
    Somos VALADARES!!
    Co o eu queria conhecer um pouco essa família grande.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha família e de jundiai meu avô Luiz valadares meu bisavô Francisco Antônio valadares quem souber de algo mais agradeço

      Excluir
    2. Minha família e de jundiai meu avô Luiz valadares meu bisavô Francisco Antônio valadares quem souber de algo mais agradeço

      Excluir
  53. Olá, olha só, você fez uma tremenda confusão histórica. Não há qualquer relação entre os Valadares de Minas Gerais e Chica da Silva. Você confundiu o marido de Chica, o contratante JOÃO Fernandes de Oliveira com o capitão de ordenanças JOSÉ Fernandes Alves de Valadares. O patriarca dos Valadares de Minas é José Fernandes Alves de Valadares, que veio ao Brasil com o seu filho único Agostinho Fernandes Valadares e por fim, de seu neto, Joaquim Cordeiro Fernandes Valadares. É deste último que toda a elite da família descende. Ele casou-se com uma das filhas de Joaquina do Pompeu e gerou vários descendentes. Não haveria como João Fernandes de Oliveira (marido de Chica da Silva) ter adotado o sobrenome Valadares. Primeiro porque ele era brasileiro, nascido em Mariana-MG no ano de 1720. Segundo porque o pai dele e o avô, que vieram para o Brasil de Portugal, são naturais da capital mesmo, de Lisboa. E foi lá que ele morreu. Além disso, todos os filhos homens de João Fernandes e Chica da Silva foram levados para Portugal em 1770. Lá eles estudaram, se formaram e receberam títulos de nobreza e cargos administrativos junto a coroa. Só ficaram no Brasil as filhas mulheres. Logo, se ele fosse Valadares, o sobrenome da família no Brasil teria linhagem matriarcal (das filhas de Chica) e desapareceria em uma ou duas gerações, no máximo.

    ResponderExcluir
  54. Meu nome é Amanhã é quero ajudar meu irmão a reencontrar seu pai, os dois não se vêem a mais de 30 anos, O nome do meu irmão é Paulo Renato e hoje ele tem 33 anos e o nome do pai dele é Paulo Valladares, somos de Campos dos Goytacazes. E caso alguém tenha alguma informação entre em contato nesse e-mail: amandafaria713@gmail.com

    ResponderExcluir
  55. oi boa tarde, me chamo Karla Karolliny Valadares Bilio sou dos Valadares do Tocantins, e adorei o post, gostaria de saber mais, Izabelle Valadares está de parabéns bem como os demais que contribuíram com a pesquisa. E realmente aqui também temos muitos Valadares engajados na política, herança um tanto trabalhosa, porém boa. rs abraço a todos!

    ResponderExcluir
  56. Olá, sou de Pernambuco, Recife e dos Valadares de São José do Egito... a informação sobre o primeiro Valadares daqui não se origina com Inácio Mariano valadares e sim com o avô dele que era meu bisavô ... tenho bastante informações sobre e mais detalhes... Inácio, João e António (meu avô) todos foram líderes na região e prefeitos

    ResponderExcluir
  57. Olá, bom dia! Achei muito interessante a matéria, meu nome é Anderson Baladaris de Oliveira...meu pai fala que ouve um erro aí na história e colocaram um B no lugar do V! Kkkk. Mais o meu avô, que se chamava Oscar Baladaris de Oliveira, tbm era mineiro, mas conheceu minha avó e por a família ser contra,(pois minha avó era negra) eles fugiram para o PR.

    ResponderExcluir
  58. Muito incrível e importante a sua pesquisa, fiquei maravilhado com cada parte do texto, (sobre a parte política) devo concordar meu Pai é político e se envolve muito com esse tipo coisa, rsss obrigado pela pesquisa

    ResponderExcluir
  59. Muito legal. Adorei saber as origens de meu sobrenome.

    Wendell Valadares de Arinos-MG

    ResponderExcluir
  60. Eu tenho Valadares também e mais três sobrenomes de familias grandes : lucas Valadares de Almeida Guimarães de freitas

    ResponderExcluir
  61. A cidade de Governador Valadares deve o seu nome ao notável político brasileiro, Benedito Valadares, cerca de 1938, pelo muito que a valorizou.
    Mas há uma curiosa coincidência. Esta cidade teve origem na proximidade de um antigo quartel, criado cerca de 1795, em zona então inabitada na margem do Rio Doce, por um outro Valadares: Manuel Timóteo de Valadares (1763-1829), militar português que comandou uma expedição pelo sertão contra os Botocudos, na sequência de estes matarem colonos e queimarem as fazendas de Arraial António Dias e da região. Encarregado da segurança da Demarcação Diamantina, ele estabeleceu vários quartéis para conter a ação dos índios e controlar os contrabandistas.

    ResponderExcluir
  62. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  63. Elmo Valadares de Castro
    Também acho que a observação do primo é quente.E uma pena já havia comemorado o parentesco com a Chica.

    ResponderExcluir
  64. Família enorme, linda, interessante e inteligente. Nem eu imaginava que receberia tantas informações bacanas depois desse POST, realmente temos que concordar que a família tem uma queda para a Política, que há nomes com 1 e com 2 Ls, e que nos espalhamos pelo Brasil todo, mas a maioria provem de Minas e de Sergipe.

    ResponderExcluir
  65. Olá, parabéns pela pesquisa. No entanto gostaria de acrescentar uma informação: Sou da família Valladares de Simão Dias-SE. Meu avô materno era natural deste município, no entanto ele nasceu em 30/04/1900 numa família de 9 irmãos, onde ele era um dos mais novos, ou seja, o patriarca não foi o Sr Pedro Almeida Valadares (1911-1965), visto que a família de meu avô era mais antiga. Estamos buscando as origens da família e estas pesquisas ajudam muito.
    Quem quiser trocar alguma informação: sandyvaladares@gmail.com

    ResponderExcluir
  66. adorei seu blog......mas meu Valadares é de origem espanhola.

    ResponderExcluir
  67. Meu avô Pedro Fernandes Valladares. Já falecido, morava em Arianos MG.

    ResponderExcluir
  68. Boa tarde! Obrigado pela publicação de sua pesquisa! Nasci em Belo Horizonte-MG, Minha Mãe é Solange Valadares e nasceu Curvelo-MG e o pai dela, meu avô Deusdedit de Campos Cordeiro Valadares nasceu em Pompéu-MG cidade próxima a Pitangui-MG.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br