Conhecendo Aracaju - A pérola do Nordeste

                


Apesar de não ser o roteiro mais popular do Nordeste, Aracaju é uma cidade hospitaleira e encantadora, àqueles que se prendem apenas as capitais mais badaladas como Fortaleza e Salvador acabam perdendo de conhecer verdadeiras obras de arte da natureza que se estende por todo Nordeste e um desses lugares, certamente imperdíveis é a capital do estado de Sergipe, o menor estado do Brasil.
Aracaju, tem atrações turísticas suficientes para manter visitantes ocupados por muitos e muitos dias. Excelente clima, belas praias, cultura, artesanato, culinária e muito mais. Além do mais, quem quiser explorar o interior do estado também vai encontrar roteiros turísticos memoráveis, como a visita ao belíssimo canyon de Xingó, (veja a minha postagem anterior, visitando o canion)  e à foz do rio São Francisco. Por tudo isto seria imperdoável fazer um passei completo ao nordeste brasileiro sem pensar em incluir Aracajú. Afinal, ela é pequena e preciosa como uma pérola e por esta razão recebeu o merecido apelido de 'Pérola do Nordeste'
  
O monumento abaixo, representando cajus e papagaios, está situado próximo ao centro, numa das avenidas mais movimentadas da cidade, e parece dar um alegre boas vindas a todos que chegam. Na verdade nada poderia ser mais apropriado como marco de boas vindas, já que o próprio nome da cidade tem origem no idioma indígena Tupi, e significa Cajueiro dos Papagaios.
     
Há na Orla da Praia de Atalaia , um enorme monumento formado de 3 arcos que ficam em um dos pontos mais movimentados da cidade, a noite um belo chafariz funciona deixando a paisagem ainda mais acolhedora.





O centro da cidade é pequeno e pode ser percorrido a pé com facilidade. Basta tomar como referência a Praça Fausto Cardoso, centro administrativo e político da cidade, e que serviu com ponto inicial de sua expansão. A cidade de Aracaju foi fundada em 1855, e surgiu graças à necessidade da província ter uma capital à beira mar, o que facilitaria o transporte de bens e comércio.  
         
                A pouca distância encontra-se o Palácio Olímpio Campos, antigo palácio de governo, construído no século 19. O prédio tem elementos arquitetônicos neoclássicos, e nele podem ser apreciados detalhes decorativos de autoria de grandes mestres italianos, como Belandi e Gatti
. E neste lugar aconteceu no inicio do século passado uma briga politica marcante para o estado entre estes dois personagens Fausto Cardoso e Olimpio Campos, segundo os historiadores, a rivalidade política dos dois acabou ocasionando ali em frente ao palácio que hoje leva o nome de Olimpio e na Praça que carrega o nome de Fausto e guarda seus restos mortais, Fausto foi assassinado e logo em seguida sua família o vingou matando o Monsenhor Olimpio Campos no Rio de Janeiro, sei que de uma forma ou de outra, os dois foram condenados e imortalizados para sempre, ficando lado a lado,  nestes dois monumentos que fazem parte da história de Aracaju.



Deputado Fausto Cardoso


Monsenhor Olimpio Campos


Logo depois, tire um tempo para conhecer o Centro de Turismo, instalado num prédio construído em 1911, com a função de abrigar a Escola Normal de Aracaju. Hoje, lá está o Museu de Artesanato, com dezenas de artesãos e expositores, oferecendo uma grande variedade de rendas e outros produtos típicos. Depois, atravesse a Praça Teófilo Dantas, para conhecer a imponente Catedral Metropolitana, com sua cúpula ornamentada de pinturas do século XIX.




Na fachada dos mercados Thales Ferraz e Antônio Franco, a faixa bem humorada informa que hoje tem 'Repiáuer'.  Estes dois mercados vizinhos, construídos respectivamente em 1926 e 1949, e recentemente reformados, abrigam restaurantes, bares, lojas de artesanatos e música. Costumam fazer muito sucesso os tradicionais repentistas, que com versos inteligentes e bem humorados, arrancam risadas dos turistas. Este complexo, na verdade, representa o principal centro cultural de Aracaju, reunindo no mesmo local arte, história, tradições e gastronomia. 







                Imagem da Ponte do Imperador, situada bem próxima ao Palácio do Governo. Na verdade esta ponte é um antigo ancoradouro, construído especialmente em homenagem ao imperador Pedro II, por ocasião de sua visita à Sergipe, em 1860. Durante muito tempo, a ponte desempenhou a função de terminal de passageiros. Revitalizada, ela agora oferece aos visitantes uma excelente vista dos bairros da cidade ao longo do rio Sergipe.          
.



                Não, esta não é a avenida Vieira Souto, ponto nobre de Ipanema, Rio de Janeiro. Esta é a Avenida Beira Mar, onde situam-se algumas das melhores residências de Aracaju. Situada próximo ao elegante bairro de Jardins, a meio caminho entre o centro e o litoral turístico, esta região também conta com ótimos bares, restaurantes e casas noturnas. A pouca distância situam-se ainda o bom Shopping Rio Mar e o excelente Shopping Jardins.



Croa do Coré - Aracaju




Este com certeza é um dos lugares mais bonitos de Sergipe, situado há apenas 30 kms da Praia de atalaia, com acesso apenas de barco, a Crôa tem bares flutuantes, barracas preparadas e estruturadas, a ida custa em média R$30,00.

 Em Barra dos Coqueiros situa-se a praia de Atalaia Nova, a mais badalada da cidade, que além da beleza natural tem barzinhos simpáticos. Ou então vá até o Morro da Lucrecia, situado em Pirambú, com dunas cinematográficas, mangues e lagoas. Neste Ponto encontramos a Passarela do caranguejo que serve um dos principais atrativos culinários desta região, simbolizada até mesmo por um Caranguejo gigante feto próximo a Passarela onde o pessoal aproveita para tirar muitas fotos.

                A principal área turística corresponde à Praia de Atalaia, e se você procura um bom ponto para se hospedar na cidade, este é o endereço certo. Aqui estão os melhores hotéis da cidade, restaurantes, bares, lojas de artesanato, etc.

Uma caminhada pelo calçadão de Atalaia é um programa imperdível, porque as atrações estão uma logo atrás da outra. Tire uma foto na Praça dos Arcos, o principal marco arquitetônico do litoral. Visite a Feira de Artesanato, o Projeto Oceanário Tamar, percorra os parques e jardins da orla, e depois atravesse as longas passarelas de madeira (sim, a faixa de areia é muito larga e o mar fica lá longe) e vá até a areia ver o mar de perto. Dando um charme especial ao local, pode-se ainda apreciar no horizonte dezenas de plataformas, como a nos lembrar que Sergipe é um dos maiores produtores de Petróleo do país.




                Dentre todas as orlas marítimas encontradas em cidades do litoral brasileiro, a orla de Aracaju destaca-se pelo bom gosto e criatividade. Toda esta região vem sendo submetida à um elaborado projeto de urbanismo e jardinagem criando parques à beira mar, jardins, chafarizes, alamedas, passeios públicos, centros culturais, amplos estacionamentos, parques infantis, centro de informações turísticas e até um Oceanário, onde estão em exibição cerca de sessenta diferentes espécies de animais marinhos.




Entre os pontos sempre incluídos nos roteiros estão o Museu Histórico de Sergipe, Museu de Arte Sacra, Igreja e Convento de São Francisco, Igreja Nossa Senhora do Rosário dos Homens Pretos, Igreja dos Homens Pardos (foto ao lado) e Matriz Nossa Senhora da Vitória. E não esqueça de trazer de São Cristóvão dúzias daquelas queijadinhas e cocadas tão saborosas.

Outro Ponto muito especial de visitação, principalmente para quem curte Museus é o Museu da Gente Sergipana  que oferece visitas guiadas todos os dias e onde você pode conhecer um pouco mais sobre as personalidades de Sergipe, há uma exposição itinerante que sempre homenageia uma pessoa que se destacou na cultura e na história do lugar . Segipe é celeiro de grandes nomes da Literatura como Tobias Barreto, é uma cidade muito limpa e bem cuidada que possui ciclovias por toda parte, popularizando o uso das bicicletas como meio de transporte.




Almocei no restaurante O Miguel, que dizem ser excelente, eu particularmente não gostei, mas acho que foi a escolha que fiz, que não era a especialidade da casa que dizem ser o Surumim e a Picanha, eu comi um Frango com purê e não gostei, comi caranguejo na casa Cariri que aliás, tem uma mega estrutura para receber os turistas com música diariamente, o Couvert artístico custa R$10,00, mas logo ao lado do Miguel tem uma cafeteria que serve uma cesta de pães maravilhosos e um café DELICIOSO, cheguei a este lugar através da indicação do Cesar Batalha da CB Rent a Car, onde loquei um carro novinho que me levou para muitos lugares lindos em Aracaju.


Enfim, conheçam Aracaju, voltem com saudade de pessoas educadas e hospitaleiras e se puderem visitem a Casa do cordel e tomem um cafezinho com o Poeta e Cordelista Pedro Amaro Nascimento que tem mais de 100 livros de cordel Publicados e mora na Casa do Cordel,





Vamos que vamos e em breve...Maceió!

Fotos aéreas tiradas de Helicoptero









Share on Google Plus

0 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br