Vai viajar? Será que preciso tomar vacina? Veja as dicas de lugares que exigem a vacinação, para não ter surpresas.

Está chegando a hora de viajar ? bateu aquela dúvida, tenho que tomar vacina antes de seguir meu roteiro? 
As três primeiras coisas que precisa ter cuidado: Verificar se o seu passaporte está valido, pesquisar se brasileiros precisam de visto para visitar determinado país e depois da minha primeira viagem ao Caribe, procuro ver também se é obrigatório fazer alguma vacina.
Países africanos, asiáticos e até da América Central muitas vezes exigem Vacinas, agora com o Surto de èbola, alguns exigem vacina e esterilização   antes de descer no país.
Com isso, seguem algumas dicas importantes que podem te ajudar:
Os países marcados em azul escuro não exigem visto de brasileiros - Mapa retirado do site do Wikipédia
Os países marcados em azul escuro não exigem visto de brasileiros – Mapa retirado do site do Wikipédia
** Visto **
Exceto alguns países já manjados por aí, como Chile, Argentina, França, Alemanha, Espanha, Itália e Portugal, a gente nunca sabe quando brasileiro precisa ou não de visto. De uns tempos cá, alguns países também deixaram de pedir visto de nós brasileiros, como é o caso da Rússia, Sérvia e México (desde o mês de maio 2013).
Eu lembro que quando resolvi viajar para países como Islândia, Polônia achava que não precisaria de Vistos, mas precisa.
Então, pra não haver problemas futuros nesse quesito, aqui vai os sites onde eu verifico essas informações:
façam uma consulta básica neste site o Mundo dos Vistos, é um dos mais atualizados,  que informa se é necessário tirar visto tanto de turismo como de trabalho ou de estudo. O site é bem completinho, pois além disso, ainda lista os documentos necessários pra solicitar o visto, a taxa pra solicitar o visto, a moeda e a sua cotação atual. Claro que, mesmo assim, ainda é bom checar tudo no próprio site da embaixada de cada país.
- Ai é que entra o segundo site que costumo pesquisar sobre esse assunto, o RIOB. Além de também informar se é necessário ou não visto para brasileiros, eles tem uma lista com outras informações importantes, como: endereço das embaixadas e consulados do Brasil no país de destino, assim como o endereço das embaixadas e consulados de um determinado país aqui no Brasil e ainda os respectivos sites também estão indicados para maiores informações.
Obs.: o fato de ter o visto em mãos também não garante em nada a entrada no país, então é sempre bom levar alguns documentos essenciais (passagem de ida e volta, reserva de hotelpassagens de trens, seguro saúde, dinheiro e cartão de crédito internacional) na bagagem de mão, caso seja necessário comprovar alguma coisa. Eu não saio de casa sem ter todos esses documentos na bolsa!
Caso esteja indo com algum convite para a participação em algum evento, imprima e deixe a mão, seguro morreu de velho, se levar livros para presentear, leve uma declaração de quais livros está levando e quantos são discriminados, facilita na alfandega, se você for o autor não carece, mas se não for , pegue se for possível uma declaração do autor. 
** Vacina **
De todos os países que eu conheci até hoje, o único que exigia a Vacina contra Febre Amarela e consequentemente o Certificado Internacional de Vacinação foi Barbados.
Então, enquanto eu estava pesquisando e montando o roteiro dessa viagem, eu li muitos sites sobre o assunto e entre todos eles, o melhor (e mais completo) site que eu acabei encontrando foi o site daOrganização Mundial da Saúde (OMS). Nesse arquivo eles listam t-o-d-o-s os países que exigem em específico essa vacina, além dos países que tem risco de transmissão dessa doença.
este site além de completo, é bem estruturado e vai te ajudar a fazer uma viagem bem tranquila e as chances de voltar vivo são maiores kkkkkkkkkk
Logo que eu começo a pensar em fazer uma viagem, as três primeiras coisas que eu faço são: verificar se o meu passaporte está valido, pesquisar se brasileiros precisam de visto para visitar determinado país e depois da minha primeira viagem ao Caribe, procuro ver também se é obrigatório fazer alguma vacina.
Com isso, eu acabei juntando alguns sites, onde é possível pesquisar tudo isso pra não ter problemas durante uma viagem.
Os países marcados em azul escuro não exigem visto de brasileiros - Mapa retirado do site do Wikipédia
Os países marcados em azul escuro não exigem visto de brasileiros – Mapa retirado do site do Wikipédia
** Visto **
Exceto alguns países já manjados por aí, como Chile, Argentina, França, Alemanha, Espanha, Itália e Portugal, a gente nunca sabe quando brasileiro precisa ou não de visto. De uns tempos cá, alguns países também deixaram de pedir visto de nós brasileiros, como é o caso da Rússia, Sérvia e México (desde o mês de maio 2013).
Eu lembro que quando resolvi viajar para países como Islândia, Polônia, Estônia, Montengro, Bósnia e Herzegovina, Croácia e Barbados, todas as vezes tive que pesquisar se brasileiros precisavam ou não de visto.
Então, pra não haver problemas futuros nesse quesito, aqui vai os sites onde eu verifico essas informações:
- O primeiro site que eu costumo pesquisar é no Mundo dos Vistos, que informa se é necessário tirar visto tanto de turismo como de trabalho ou de estudo. O site é bem completinho, pois além disso, ainda lista os documentos necessários pra solicitar o visto, a taxa pra solicitar o visto, a moeda e a sua cotação atual. Claro que, mesmo assim, ainda é bom checar tudo no próprio site da embaixada de cada país.
- Ai é que entra o segundo site que costumo pesquisar sobre esse assunto, o RIOB. Além de também informar se é necessário ou não visto para brasileiros, eles tem uma lista com outras informações importantes, como: endereço das embaixadas e consulados do Brasil no país de destino, assim como o endereço das embaixadas e consulados de um determinado país aqui no Brasil e ainda os respectivos sites também estão indicados para maiores informações.
Obs.: o fato de ter o visto em mãos também não garante em nada a entrada no país, então é sempre bom levar alguns documentos essenciais (passagem de ida e volta, reserva de hotelpassagens de trens, seguro saúde, dinheiro e cartão de crédito internacional) na bagagem de mão, caso seja necessário comprovar alguma coisa. Eu não saio de casa sem ter todos esses documentos na bolsa!
** Vacina **
De todos os países que eu conheci até hoje, o único que exigia a Vacina contra Febre Amarela e consequentemente o Certificado Internacional de Vacinação foi Barbados.
Então, enquanto eu estava pesquisando e montando o roteiro dessa viagem, eu li muitos sites sobre o assunto e entre todos eles, o melhor (e mais completo) site que eu acabei encontrando foi o site daOrganização Mundial da Saúde (OMS). Nesse arquivo eles listam t-o-d-o-s os países que exigem em específico essa vacina, além dos países que tem risco de transmissão dessa doença.
Importante Saber: 
Cada país utiliza diferentes critérios e exigências para a entrada e permanência de estrangeiros. Certifique-se junto à Embaixada ou Consulado do país para onde for viajar quais são esses requisitos, dependendo do objetivo da sua viagem.
• Não viaje com visto de turista, caso seu objetivo seja estudar ou trabalhar no país de destino. Você poderá ser preso e deportado.
• Alguns países não exigem visto para turistas brasileiros. Essa dispensa não serve para quem for estudar ou trabalhar.
• Estar de posse de visto de entrada ou estar dispensado do visto não dá direito à entrada automática naquele país. A decisão final sobre sua entrada somente é dada no ponto de entrada pela autoridade de imigração. É decisão soberana de todo país aceitar ou não a entrada de cada estrangeiro no seu território.
• Da mesma forma, as Embaixadas e Consulados estrangeiros no Brasil não são obrigados a conceder os vistos solicitados. A recusa em conceder um visto não necessita ser justificada ao requerente.
• Desconfie de intermediários que prometem levar você a algum país sem os documentos exigidos. Trata-se de imigração ilegal e você poderá acabar preso naquele país.
• O tempo que você poderá ficar no país de destino será determinado pela autoridade de imigração no ponto de entrada. Verifique bem qual foi o prazo autorizado no seu caso.
• Leve consigo os endereços e telefones das Embaixadas e Consulados brasileiros no seu país de destino. Em caso de dificuldade, não hesite em contatá-las.
• Caso venha a ser detido por alguma autoridade estrangeira, você tem o direito de pedir para telefonar para sua Embaixada ou Consulado. Faça uso desse direito!
• Todos os países adotam penalidades extremamente rigorosas de punição ao tráfico de drogas, sendo que alguns países aplicam mesmo a pena de morte a casos dessa natureza, independentemente do alegado desconhecimento quanto à legislação local.
• Não viaje para regiões conflagradas ou conturbadas. Na dúvida, consulte antes a Divisão de Assistência Consular do Ministério das Relações Exteriores em Brasília, telefones (55-61) 3411-8802/8805/8807
 Site que tem muitas informações: 
http://web.sanofi-aventis.com.br/

Cuide-se e boa viagem! 

0 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br

Malas ... Eis a Questão!

Malas...eis a questão!


Gente, viajar é muito complicado, levar pouca coisa, principalmente para nós mulheres é um martírio, pois sempre compramos uma coisinha ou outra em nossas viagens e acabamos indo com uma quantidade e voltando com outra, ou sendo um transtorno principalmente quando estamos em grupo, por estarmos carregadas de malas, então vou dar algumas dicas interessantes que podem ajudar um pouco na Hora de colocar o pé na estrada.
Primeiramente, deve definir que tipo de viajante é você, o viajante econômico que vai andar a pé, pegar trem, metrô, cipó ou qualquer meio de transporte que seja mais barato ou vai com a tranquilidade de poder se deslocar de um lado para o outro de Taxi, avião e mesmo que pegue um trem , terá a tranquilidade de poder pagar um taxi da estação até o Hotel, então fica a dica, viajantes Econômicos devem levar apenas 1 mochilão, e viajantes de luxo podem levar 1 mala e 1 mochila, mais que isso já passa a ser um transtorno.
Viajo o ano inteiro, para  lugares quentes, frios, úmidos e sempre acho que levei coisas demais, sinto muita saudade de casa, mas confesso, a saudade passa mais rápido que a vontade de viajar de novo, pois viajar me deixa hiper, ultra feliz, devo ter uma alma cigana ou peregrina, pois em casa , não me sinto em casa, dá para entender?
Viajar é uma das coisas que mais me deixa feliz… No entanto há sempre uma questão pertinente: “O que levar na mala de viagem?” Aqui vai encontrar uma lista de coisas que deves sempre levar, e outras que nem sempre serão úteis ou são totalmente dispensáveis. Imprime a lista e começa a fazer a mala e malas para que te quero!

Qual tipo de mala levar ?

Não sendo a mala da sua sogra , qualquer uma kkkkkkkkkkkk brincadeirinha, tem sogra que vale muito à pena levar na viagem.
Os econômicos devem tentar carregar pouca coisa na mochila, no máximo 10 kgs, pois 10 kgs em 3 horas parecem 30.   Se for possível leve 2 mochilas ou uma mochila grande com um mega compartimento para eletro –eletrônicos, hoje não vivemos sem eles não é mesmo? Então vamos deixar um cantinho para nossos queridinhos.

Primeiro que tudo é importante saber qual o destino e estilo de viagem. Obviamente que se vais para Paris uma semana, talvez um troller (mala com rodas) seja o mais indicado, se fores para a Ásia fazer backpacking então uma mochila será a melhor opção.



O que levar na mala de viagem?

Não é preciso fazer  um curso para aprender a fazer uma boa mala de viagem. É preciso alguma boa dose de paciência e organização. Meter tudo na mala sem organização é loucura, depois nem você mesmo se encontra, então o ideal e fazer a mala com antecedência, pois se esquecer de algo vai colocando na mala ou substituindo.





Quantos tempo vai viajar?

1 Semana?  6 Meses?  Independente do tempo, não precisa  levar  calças e sapatos diferentes para todos os dias. Tenta organizar a roupa de modo a que possas repetir algumas peças. Eu por exemplo se for viajar 1 mês levo roupa para 10 dias… depois vou lavando. É muito fácil lavar camisetas e calcinhas nos hotéis e seca rapidinho, leva sempre um saco plástico na mala, pois se não secar, você transporta sem molhar as demais peças.
Uma coisa que já fiz estando acompanhada , foi encher a banheira, muito comum nos banheiros europeus, e lavar quase todas as peças da mala, junto com um companheiro, no final tornou-se até divertido e sexy, os dois ali, verdadeiramente “ lavando a roupa suja” quase uma terapia de casal, mas ficaríamos 6 dias no mesmo hotel na Áustria e seria tranquilo secar aquela roupa toda, no final beijos e risos só melhoraram ainda mais a lavagem de roupa suja.
Uma opção também, é utilizar o serviço de uma lavandaria, em poucas horas e por menos de 3€ (Ásia) suas roupas  estarão novamente cheirosas. Outra coisa que faço é comprar roupa… eheh, mas a verdade é que em certos países é tão barato que mais vale á pena comprar do que levar.

Para onde vais?

Tenha sempre atenção ao clima … Não precisas de levar o casaco gigante que te ocupa metade da mala se não vai estar um frio de rachar. Se tiver, leva-o vestido durante a viagem. Se fores para uma grande cidade provavelmente vais levar roupa mais bonitinha, se fores para o Cambodja levas a mais velhinha… eheh. A roupa tem que ser adequada ao tipo de viagem. Sapatos ou Ténis? Depende… se for  rodar de cidade em cidade , pense sempre em levar sempre uns ténis mais bonitinhos para alguma ocasião que seja necessário como ir jantar a um bom restaurante ou hotel, já fiz 9 países em 1 viagem e foi uma loucura administrar  a mala.  Levo uns confortáveis e velhos para andar todos os dias e uns chinelos. Leve sempre os calçados em sacos separados, pode pegar chuva, caminho com lama e na emergência pode acabar misturando as roupas limpas, então separe sempre antes mesmo de sujá-los.

Outro ponto que acho importante são os produtos de higiene. Muita gente leva sempre o kit higiene inteiro  atrás… a maioria dos hotéis têm sempre Shampoo e Gel de banho… “ahhh mas eu gosto muito do meu! Se faz questão de certas marcas e teme não encontra-las no exterior, em todas as lojas de malas, vendem um kit vazio de vidros pequenos para encher, então é a melhor opção .
Vou dar uma listinha básica para seguirem, mas seu gosto pessoal  sempre vai prevalecer.
Roupa:
4 calcinhas básicas
4 especiais ( Sempre há momentos românticos em uma viagem não é mesmo?)
2 pares de meias ( se dorme de meia leve 4 )
4 camisas ( 2 para noite e 2 para o dia)
1  Bikini ( mesmo no inverno é bom levar, às vezes pintam banhos turcos, saunas, termas e vc está despreparada)
1 par de Chinelos
1 Ténis
1 sandalia de salto
1 bota se estiver em local frio
1 Cinto
1 calça Jeans  e 1 legg
1 Kanga que pode ser usada tanto para se abrigar do vento quanto para ir a praia.
1 camisola sexy e 1 basica ( é importante pensar em tudo)




Óculos de sol
Electrónicos:
Telefone
Carregador do telefone
Phones
Máquina fotográfica
Bolsa de transporte da máquina fotográfica
Cartões de memória para máquina fotográfica
Carregador da máquina fotográfica
Cabo USB de cartões para máquina fotográfica e  celular
Computador  somente se for indispensável
Produtos de higiene: (tudo em tamanho pequeno)
Cortador de unhas ou tesourinha
Escova e pasta de dentes
Fio dental
Creme hidratante
Protetor Solar
Desodorante
Perfume (Não dá pra viajar sem)
Cotonetes (mete uns 10  dentro de um pacotinho)
Lenços Umedecidos demaquilantes, úteis demais, até se precisar fazer xixi em um banheiro público sem água nem para lavar as mãos, os da Nívea são muito bons.
Repelente (se ficar em albergues ou barracas)
Bolsa de primeiros Socorros
Comprimidos  para dor de cabeça
Preservativos
Omeprasol para dor de estômago, principalmente se não tem medo de comer na rua.
Paracetamol (Para a febre)
Cataflan  (Anti-inflamatório)
Outras coisas importantes:
Maquiagem... não esqueça, faz um it básico com as cores que mais usa, e no estojo coloca uns brincos , pode colocar 1 dourado e 1 prata se usa as duas cores ou coloque  2 da mesma cor de tamanhos totalmente diferentes.
Absorventes são bem-vindos, pode estar na Alemanha ou na China, não falar a língua  e até explicar o que quer pode encontrar um vibrador mega – tabajara pelo caminho.
Não esqueçam:
PASSAPORTE!! ( Pode Acontecer de ficar em casa, e sem ele não vais a lado nenhum)
Bilhetes de avião impressos (tenho no e-mail, mas levo sempre impressos)
Documentos de seguro de saúde de viagem. (Nunca pedem, mas é necessário)
Fotocopias do nosso passaporte, carta de motorista  e vistos (podes também para além disso tirar uma foto com celular
Informação de contato de emergência caso te aconteça algo
Bolsa à prova de água para protegeres documentos e dinheiro.
100$US em dinheiro, ás vezes podes ter uma emergência e em todo o lado aceitam dólares.
Saco de plástico para a roupa suja.
1 bloco para anotações
Canetas
Tampões para ouvidos á vezes pintam umas criancinhas xatixas no voo e os tampões são bem-vindos.
Transformador ou adaptador de eletricidade.
Cartão de crédito / Cartões Travel Money
Mapa
Bolsa pequena  para guardar as coisa que precisamos ter sempre mais à mão: celular,Passaporte, Dinheiro, Carregador…)
Ter uma mochila leve e maleável, de preferencia à prava de chuva para pequenos passeios.
O que não deve levar?
Computador (a não ser que necessite  mesmo para trabalhar)
Muitos sapatos… ocupam muito espaço para outras coisas essenciais.
Livros… 1 Livros já é demais. Vais viajar ou vais passar o tempo lendo?
Embalagens de Shampoos gigantes.
Se mora sozinho ...antes de sair de casa:

Feche o gás, água e luz (só se tiveres a geladeira  vazia).
Guarde objetos de maior valor num lugar escondido ou seguro.
Feche todas as janelas
Feche  a porta à chave.

Ligue para um parente e deixe seu roteiro, hotéis, trechos contatos, etc... facilite sua vida no caso de uma emergência, liberte o coração, prepare a alma e pé na estrada, com poucas malas! 

1 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br

Conhecendo Santiago de Compostela - Galícia

Olá amigos depois de alguns meses sem postagem de novos lugares, conheci uma cidade encantadora, Santiago de Compostela, na Galícia, que fica ao Nordeste da Espanha, uma cidade com cerca de 96 mil habitantes mas, que tem este número triplicado todo mês por conta do grande número de Peregrinos que procuram a cidade para visitarem o Túmulo do Apóstolo Thiago, o terceiro apóstolo de Jesus Cristo, que faz da cidade o terceiro maior ponto de visitação Cristã no mundo, mas  mesmo para quem não vai visitar Santiago em busca do famoso caminho de Santiago, fica fascinado com a linda cidade, principalmente o Centro histórico que tem construções medievais, casinhas encantadoras e indícios da civilização Romana por toda parte.



Porquê Santiago é o terceiro ponto de Peregrinação?


Essa tradição vem de meados do século IX, graças ao túmulo de Santiago Maior um dos apóstolos de Jesus Cristo, cujos restos mortais repousam dentro da Catedral de Santiago.

A Catedral é o ponto final da jornada feita não apenas pelos cristãos, e que se inicia Europa Ocidental se estendendo por milhares de quilômetros, razão pelo qual deram o nome de Via Láctea ou Caminhos de Compostela, Patrimônio Mundial da Unesco.

A Catedral de Santiago de Compostela onde está o sepulcro de Santiago Maior, conhecido como São Tiago ou Santiago, é um local deslumbrante que revela através de toda arquitetura medieval, algo surpreendente, todo o misticismo pode ser sentido positivamente no ar, com uma meditação.
Santiago de Compostela Cathedral Santiago de Compostela é um  lugar  mágico e cheio de encanto

Em uma das principais praças da cidade há esta estatua com 2 mulheres de roupas coloridas em frente a uma escola bem antiga, reza a Lenda que estas duas senhoras, de nome Maria, iam a praça para paquerar os meninos do colégio e usavam roupas muito coloridas para a época e por conta disso, após a morte da Segunda irmã em 1981, esculpiram as estatuas em tamanho natural.

A língua falada em Santiago de Compostela é a Galega, e a população não gosta de ser chamada de Espanhola e sim de Galega e vários grupos lutam pela independência da Galícia. A Língua assemelha-se muito ao Portugues, aliás, foi uma das línguas que deu origem tanto ao Português quanto ao Espanhol.
O forte da Culinária por lá são só frutos do mar, com alguns moluscos e mariscos que nunca ouvimos falar e Polvos gigantes, tenros e saborosos que são vendidos até mesmo nas Feiras.

Este Molusco abaixo se chama Navajas , são extremamente feios, mas deliciosos.










Indo com tempo, pode conhecer lugares muito especias e ricos culturalmente:

O Plaza do Obradoiro 




Praça do Obradoiro (em galegoPraza do Obradoiro; em espanholPlaza del Obradoiro é a principal e mais famosa praça da cidade de Santiago de Compostela, capital da Galiza. Ali se encontram os edifícios mais emblemáticos da cidade. A fachada mais famosa da catedral, construída por cima do primitivo Pórtico da Glória românico, ocupa o lado oriental da praça. Em frente dela está o Paço de Raxoi, a sede do governo galego (Junta da Galiza) e do município compostelano. O lado norte é ocupado pelo Hotel dos Reis Católicos e no lado oposto, a sul, encontra-se o Colégio de São Jerónimo.
A extensa praça é o ponto de encontro dos peregrinos que fazem o Caminho de Santiago, o qual termina com visita do túmulo do apóstolo Santiago Maior na catedral. É também local habitual das manifestações políticas, como as ocorridas em maio de 2009 em prol do uso da língua galega.
Hotel dos Reis Catolicos



Há muito para ver e fazer em Santiago de Compostela, como atividades noturnas maravilhosas como ir ao Chocolate um bar com uma decoração fantástica, que servem deliciosos coquetéis, cafés e chocolates, ótimo para fazer amizades, lugar bem aconchegante, e o atendimento excelente.

O Mercado de Abastos de Santiago de Compostela é um local marcante para o turista que deseja conhecer um pouco mais da culinária local, a mistura de aromas e sabores é algo bem marcante para quem visita. Muitas frutas, queijos em um lugar onde se compram verduras e legumes frescos direto dos produtores.


abasto mercado Santiago de Compostela é um  lugar  mágico e cheio de encanto ]
Olha que feio gente, este focinho de Porco amassado











Uma visita imperdível é conhecer o antigo Hospital Real, datado da época medieval, e que foi transformado em um hotel de luxo classificado como Parador, dizem que é o hotel mais antigo no mundo, de arquitetura deslumbrante, vale a pena pelo menos conhecer, se puder se hospedar, melhor.
Acreditem, foi fundado em 1499 , 1 ano antes do BRasil ser descoberto.
Hospital Real de Santiago Santiago de Compostela é um  lugar  mágico e cheio de encanto







O que fazer a noite?
Muito bacanas são os bares em Santiago, quando ver na vitrine escrito "tapas" pode entrar pois são aperitivos diversos, uma das melhores cervejas são a Strella da Galicia ou a Super Bock muito sevrida também em Portugal, um dos bares que frequentei foi o El 10 , que fica pertinho do Centro historico e é administrado por 2 brasileiros o Murilo de Goiania e o Nacor Catarino de Manaus, os caras mandam super bem , tanto no atendimento , quanto nos drinks, mas o Siete ao lado do Hotel Araguaney também é fantastico, muita cerveja gelada, encorpada e as preciosas porções de Tapas, me acabei....




O Ponto alto é com certeza visitar a Catedral após a peregrinação pelo caminho de Santiago, mas, o que é o Caminho de Santiago???



O Caminho de Santiago de Compostela é uma rota secular de peregrinação religiosa, que se estende por toda a Península Ibérica até a cidade de Santiago de Compostela, localizada no extremo Oeste da Espanha, onde se encontra o túmulo do apóstolo Tiago.
Tiago foi um pescador que vivia às margens do lago Tiberíades; filho de Zebedeo e Salomé, e irmão de João O Evangelista. Segundo a tradição, após a dispersão dos apóstolos pelo mundo, Tiago foi pregar o evangelho na província romana da Galícia, extremo oeste espanhol. De volta a Jerusalém, o apóstolo foi perseguido, preso e decapitado a mando de Herodes no ano 44. Seus restos foram lançados para fora das muralhas da cidade. Os discípulos Teodoro e Atanásio recolheram seu corpo e levaram-no de volta para o Ocidente, aportando na costa espanhola, na cidade de Iria Flavia.
O corpo do apóstolo foi sepultado secretamente num bosque chamado Libredón. Assim, o local permaneceu oculto durante oito séculos. Uma certa noite, o ermitão Pelayo observou um fenômeno que ocorria neste bosque: uma chuva de estrelas se derramava sobre um mesmo ponto do Libredón, proporcionando uma luminosidade intensa. Tomando conhecimento das ocorrências, o bispo de Iria Flavia, Teodomiro, ordenou que fossem feitas escavações no local. Assim, no dia 25 de Julho de (provavelmente) 813, foi encontrada uma arca de mármore com os restos do apóstolo Tiago Maior.
A notícia se espalhou rapidamente, e o local passou a ser visitado por andarilhos de toda a Europa a fim de conhecer o sepulcro do Santo. A quantidade de peregrinos aumentava intensamente a cada ano. Nobres e camponeses dirigiam-se em caravanas, caminhando ou cavalgando em busca de bênçãos, cura para as enfermidades, cumprir promessas ou apenas aventuravam-se em terras distantes.
O rei Afonso II ordenou que no local da descoberta fosse erigida uma capela em honra a São Tiago, proclamando-o guardião e padroeiro de todo o seu reino. Em pouco tempo, uma cidade foi erguida em torno daquele bosque, e denominada Compostela. A origem etimológica do nome remete ao latim: Campus Stellae, ou Campo das Estrelas, e assim a junção final: Compostela.
No ano de 899, Afonso III construiu uma basílica sobre o rústico templo erguido por seu antecessor. Porém, oitos anos mais tarde, a basílica foi saqueada pelo árabe Almanzor, que respeitosamente, preservou as relíquias do apóstolo. Em 1075, iniciou-se a construção da atual catedral, cinco vezes maior que a anterior.
  
O Caminho de Santiago possui - em sua maior parte - um aspecto medieval. As catedrais góticas e românicas, mosteiros e capelas, castelos e aldeias celtas distribuem-se ao longo do percurso.
O apogeu das peregrinações ocorreu nos séculos XII e XIII. As quatro principais rotas tiveram origem neste período. Mesmo partindo de pontos diferentes, todas entravam naPenínsula Ibérica através dos Pirineus. A partir de Puente la Reina o trajeto é o mesmo, com exceção de alguns ramais secundários. As rotas modernas iniciam-se também em cidades como Saint-Jean-Pied-de-Port, na França.
A partir do século XIV, houve uma sensível redução de peregrinos que se aventuravam pelo Caminho. Porém, no século XX o Caminho de Santiago foi "ressuscitado" e voltou a ser umas das principais rotas religiosas da história. Atualmente, é comum encontrar os peregrinos modernos, que percorrem o Caminho de carro ou bicicleta, ou simplesmente aqueles que visitam a Catedral e o túmulo do Apóstolo São Tiago.
Geralmente, o viajante carrega consigo uma concha(conhecida também por Vieira) que possui vários significados. Segundo a lenda, um homem percorria o Caminho a cavalo, quando repentinamente o animal disparou em direção ao mar. O peregrino evocou Santiago, e uma forte onda devolveu-o a terra firme. Retomada a consciência, o peregrino percebeu que seu manto estava repleto de conchas. Assim, a Vieira assumiu um significado de proteção, que também está associada ao Graal. Simboliza, para o viajante, absorver a sabedoria e a entidade de Cristo como seu Eu Superior.
Durante todo o percurso, existem albergues instalados em velhas construções medievais, destinados especialmente a atender os peregrinos. Além de hotéis, pousadas, e os próprios habitantes que cedem suas casas como abrigo. O peregrino carrega consigo uma credencial, que deve ser carimbada em igrejas ou no órgão de turismo correspondente ao local. Munido de um mapa, o viajante também conta com as discretas setas pintadas em rochas, muros e árvores, que funcionam como um guia constante, e evitam que o aventureiro se perca. Ao concluir o Caminho chegando à Catedral de Santiago, o peregrino apresenta a credencial e recebe aCompostelana, uma espécie de certificado de que todo o percurso foi concluído.

No Brasil, a popularização do Caminho deve-se principalmente ao escritor Paulo Coelho, que lançou o livro O Diário de um Mago. Nesta obra, o autor narra as experi-ências místicas vivenciadas em sua peregri- nação em 1989. Além de Paulo Coelho, a cantora Baby do Brasil escreveu Peregrina – Meu Caminho no Caminho, onde também é descrita sua trajetória até Compostela. Mas a literatura brasileira abriga outros títulos que servem de incentivo e preparação para aqueles que se dispuserem a caminhar mais de 800 quilômetros até a cidade de Santiago de Compostela, tombada pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade, em 1992.

Você também pode encontrar relatos e dicas sobre o Caminho no Livro , O Caminho do Nosso Encontro, dos Escritores Mauro Jorge e Isabel Blanco, no livro o casal conta o caminho de cada um e o momento em que se conhecem, e hoje casados esperam a vinda do primeiro filho, um livro surpreendente e inesquecível que conta os desafios em ser Peregrino por 30 dias e o encontro da verdadeira felicidade.



Não deixe de visitar Museus, parques e conhecer um pouco da obra de grandes escritores que viveram em Santiago a viagem é agradavel e prepare o guarda-chuva pois chove muito por lá.

0 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br