Conhecendo Frankfurt na Alemanha

Frankfurt pode até não estar nos sonhos de quem visita a Europa, por ser uma cidade pós moderna com preços lá em cima, principalmente na hospedagem, mas quem conhece sabe que é uma cidade encantadora, extremamente cultural, que faz ligações com estradas simplesmente perfeitas para o interior da Alemanha, com carros maravilhosas passando a mil por hora por nós, aliás, cada carro mais lindo que o outro, com festas pra lá de badaladas, gente linda por todos os lados, e mesmo não sendo simpáticos ...isso é fato! São educados e sérios, então vale á pena uma esticada para conhecer essa cidade movimentadíssima. 

Frankfurt é o centro financeiro e de transporte da Alemanha e o maior centro financeiro da Europa continental. Em Frankfurt estão localizadas sedes de importantes instituições como a do Banco Central Europeu, do Banco Federal Alemão e da Bolsa de Valores de Frankfurt, bem como vários grandes bancos comerciais, como por exemplo o Deutsche Bank, o Commerzbank e o DZ Bank. Nos transportes a cidade se destaca em âmbito mundial: o Aeroporto de Frankfurt é um dos mais movimentados de todo o mundo; a Estação Central de Frankfurt é um dos maiores terminais de trens da Europa; e a Frankfurter Kreuz é um dos trevos rodoviários mais utilizados na Europa. Ao mesmo tempo, a DE-CIX possui o maior tráfico de ponto de troca de internet do mundo.




Frankfurt-am-Main é o coração empresarial da Alemanha e seu centro financeiro. Totalmente reconstruída após a guerra, hoje é uma cidade moderna, dinâmica, com construções imponentes, como a simbolizar a potência econômica da Alemanha de hoje.  Desde o século 13 já era um importante centro comercial da Europa, e ainda hoje, as artes, museus, feiras, eventos e constantes exposições continuam fazendo desta cidade um destino excitante e convidativo

Visitei 3 vezes Frankfurt , todas as vezes com um grupo de escritores, nosso objetivo sempre é a Feira do Livro que acontece em Outubro, mas mesmo com o compromisso de trabalho é maravilhoso estar em uma cidade tão fervilhante.

                                      Com nossos amigos escritores na saída da Frankfurt Book Fair

A maior dificuldade para nós brasileiros é sem dúvida o idioma, então não deixe de levar um celular com tradutor que pode te ajudar se estiver perdido. Os bondes funcionam muito bem e os serviços públicos também, alugar carro é um pouco complicado como em toda cidade grande, nós alugamos 3 vans para seguirmos para Praga e pasmem...viajamos 6 horas em uma estrada que era um tapete sem nenhum pedágio e sem limite de velocidade...Pensem!




Comece sua caminhada pela área central, onde diversos trechos são exclusivos de pedestres. A vitrine comercial da cidade atende pelo nome de Zeil, uma larga e arborizada avenida exclusiva de pedestres, com mais de um quilômetro de extensão. A Zeil é considerada como um dos maiores shoppings da Europa a céu aberto, tal a variedades de lojas e número de visitantes. Também as ruas Fahrgasse e Hasengasse concentram boas opções comerciais. Para distrair a boca enquanto não chega a hora do almoço, sugerimos entrar numa confeitaria - elas existem às dezenas por aqui - e comprar uma das especialidades locais, o Marzipan. Estes deliciosos bombons de chocolate com amêndoas são campeões de vendas por aqui, e parecem ter até mesmo um gostinho de Alemanha.

Comer na Alemanha não é barato e beber menos ainda, a terra das cervejas oferece preços grandes como suas canecas mas com certeza aqui você vai experimentar o que há de melhor em matéria de cerveja.






Não deixe de visitar a  Alte Oper é uma das construções mais renomadas da cidade, fica na Opernplatz. Trata-se de uma reconstrução do prédio original, também totalmente devastado durante a guerra, mas que após o conflito foi restaurado de acordo com o projeto original (ao lado). Outro ponto famoso da cidade, a Goethe Haus foi o endereço do famoso poeta, entre 1749 e 1775, e é decorada com reproduções da mobília original de sua época, formando um verdadeiro painel doméstico do século 18. Uma das peças principais da casa é a autêntica escrivaninha utilizada por Goethe. E visite ainda o interessante Deutsches Filmmuseum, museu de cinema; o museu Judengasse onde se pode ter uma idéia de como era a vida nos antigos guetos judeus da cidade. Lá foi construído um memorial ao Holocausto.



   
Ficamos hospedados na famosa Zona Vermelha que não é legal de ficar hospedado em lugar nenhum do mundo, ao cair da noite é inofensiva, vemos o pessoal chegando para curtir, carros maravilhosos , limusines , mas quando acordamos, vemos o resto da noite pelas calçadas, bêbados e drogados, prostitutas, camisinhas e tudo o que imaginar, isso acabou nos afastando um pouco das ruas, principalmente a noite, mas...saíamos para jantar e tivemos a oportunidade de saborear carnes suculentas e muita batata, não usam o arroz habitualmente e o feijão então... Não pensar! 


Um dos pratos mais populares é a Frankfurter Wurstchen, lingüiça de porco defumada, geralmente servida com salada de batatas e Ebbelwoi, um delicioso vinho de maçãs. Depois siga o passeio visitando o Judisches Museum (Museu Judaico, na Untermainkai 14-5) e a Städtische Galerie und Städelsches Kunstinstitut (instituto de arte e galeria municipal, na Schaumainkai 
Há carrocinhas que vendem cachorros- quentes por toda a cidade, a mostarda de sabor apurado e o pão enorme dão a finalização no prato que pode ser considerado uma janta.

Um lugar que não pode deixar de visitar bem pertinho do centro, mostra muito mais que uma simples praça, mostra a história de Frankfurt propriamente dita,  trata-se da praça Romer (Römerberg). Este espaço livre rodeado por prédios de arquitetura em estilo característico germânico tem sua história iniciada ainda no século 12, quando era utilizado como mercado livre entre comerciantes locais e aqueles vindos da França e Itália. Ao longo do tempo a Romerberg afirmou-se também como a área mais nobre da cidade, passando a servir de local para cerimônias importantes, como festivais e coroações, celebradas na antiga prefeitura, a Zum Römer. O principal salão da prefeitura - Kaisersaal - abriga estátuas de todos os reis e imperadores germânicos, desde Friedrich Barbarossa (1152) até Franz II (1806).




Minha amiga Flávia Assaife dando uma volta



Não deixe de visitar, também na praça, o Historiches Museum, onde a história de Frankfurt é contata, inclusive com maquetes da cidade em diversas épocas. Causa tristeza conhecer a destruição quase total da cidade, ao fim da segunda guerra. Visite também a Alte Nikolaikirche, igreja gótica cuja origem remontam ao século 13, usada pelos imperadores germânicos durante dois séculos. Na praça estão ainda diversos restaurantes e lojinhas oferecendo todo tipo de souvenirs e lembranças de Frankfurt.

Só um comparativo de como ficou Frankfurt depois da Guerra









A Eschenheimer Turm é uma das poucas construções anteriores a guerra que se mantiveram de pé.A torre de 47 metros de altura foi completada em 1428 por ordem do Kaiser. Na realidade existiam mais de 60 torres cercando a cidade, quase todas foram demolidas entre 1806 e 1812, quando as muralhas da cidade também foram abaixo. A Eschenheimer Turm foi a única torre que conseguiu escapar de virar entulho, transformando-se num dos pontos históricos mais importantes da cidade. Desde 1992 a torre é aberta à visitação pública, sendo que em sua base existe um agradável café.
Depois visite o Museum für Moderne Kunst (museu de arte moderna, Domstrasse 10), a Goethehaus und Goethemuseum (Casa e museu de Goethe, maior poeta alemão, Grosser Hirschgraben 23-25), e a Paulskirche (igreja de São Paulo, na Paulsplatz).
Enquanto o lado norte da cidade abriga os prédios e o centro do comércio, a margem sul abriga pontos culturais importantes, como o Museumsufer, área dos museus e Sachsenhausen's, com suas antigas residências, tabernas e ruelas típicas.

Visitar Frankfurt faz com que nossos pensamentos se transportem no tempo em que a paz passava longe daquelas ruas, uma cidade forte mas que carrega a sombra do holocausto como qualquer lugar do país. 
Felizmente hoje vive em Paz e tem o progresso a seu favor, caminhando a passos largos em direção de dias cada vez melhores. 








Boa Viagem a todos! 

Share on Google Plus

0 comentários:

Obrigada por comentar em meu Blog, sua visita é uma honra, caso deseje fazer alguma solicitação pode usar meu e-mail valladares@grupoliterarte.com.br